Posts Populares:

Postado por: Ryu quarta-feira, 1 de março de 2017


Continuando exatamente de onde paramos então. Se você não leu a Parte 1... Leia, seu imbecil! Tá fazendo o que aqui?


Então, Earthrealm já venceu várias lutas, e por isso Shang Tsung resolve deixar que Goro lute no torneio. Temos assim uma longa montagem de várias pessoas caindo no chão, elas podem ter apenas tropeçado e caído, mas vamos imaginar que o Goro tenha as derrubado então.

... Aliás, todas essas pessoas que foram mostradas caindo aí são homens, agora que eu parei pra pensar. Por acaso a Sonya e a Kitana são as únicas mulheres desse torneio todo? Só tem cueca nisso aí, produção! Cadê as mulheres? Elas também deviam ter o direito de participar do Mortal Kombat, oras! E se por acaso existir alguma mulher forte o suficiente pra conseguir salvar/condenar o mundo no meio de Earthrealm/Outworld? Uma só entrou no torneio porque o Shang Tsung tá doido pra passar o rodo nela, e a outra só entrou porque é filha do imperador.


E a próxima vítima de Goro é o Art!

O que? Não conhece o Art? É um personagem secreto do primeiro Mortal Kombat, pra destravar ele você precisa ter zerado com todos os personagens do jogo no Very Hard, sem perder nenhum Round e ainda tendo que acertar todos os Fatalities em todas as lutas. Então após derrotar Shang Tsung, o Art aparece e você tem que enfrentá-lo como o Final Boss secreto do jogo. Mas calma lá, não é só derrotar o Art, você tem que derrotar o Art com Flawless Victory nos dois Rounds e acertar seu Fatality nele... E ele é mais apelão do que o Goro ainda por cima. Mas com certeza se você fizer isso tudo, vai abrir o Art pra jogar, e ele é de longe o melhor personagem do jogo. Uhum, tô certo!


... Oh, enquanto eu falava aqui, o Goro já matou o cara.


NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO! TUDO MENOS O ART!

AQUELE CARA QUE APARECEU NO COMEÇO DO FILME E CONVERSOU COMIGO POR 2 MINUTOS! MALDITO SHANG TSUNG, VAI PAGAR POR ISSO!

... É sério, os caras tão fazendo a cena de morte mais dramática de todo o filme pra um personagem que apareceu lá no comecinho, trocou uma ideia com o Johnny Cage e depois só foi aparecer de novo pra lutar com o Goro e morrer. Deve ter sido o Motmou Toriyama quem escreveu a trajetória do Art nesse filme, só pode.


Enquanto o pessoal discute como caralhos alguém derrotaria o Goro, Raiden resolve ter um papo cabeça com o trio de heróis. O que exatamente ele tem pra falar dessa vez? Bem, ele diz que os três podem vencer qualquer inimigo, mas que precisam encarar seus medos e superá-los, Johnny Cage tem medo de ser uma fraude, Sonya faz cu doce pra pedir ajuda pros outros, e o Liu Kang tem medo do seu próprio destino... É, bem clichê, mas funciona.

Isso leva Liu Kang a meditar, enquanto Johnny Cage e Sonya têm uma discussão porque ele quer desafiar o Goro e ela tem medo de que ele acabe sendo morto por isso... E depois de conversar com Shang Tsung, Johnny consegue a sua luta contra Goro.


A primeira coisa que Goro faz é tomar os óculos escuros da mão do Johnny e esmagá-los na frente dele.


Johnny não deixa barato e dá um murro no saco do Goro, assim colocando toda a linhagem de Shokans em extinção porque seu príncipe não pode mais se reproduzir, afinal seus testículos viraram panquecas.

Logicamente, Johnny sai correndo depois dessa.


Após passar as duas últimas horas gritando de dor e não sentindo suas pernas, Goro finalmente consegue andar de novo e aí vai na direção pra onde viu Johnny correr. Muito puto por causa disso, Goro quer arrancar os testículos desse filho da puta na mão e usá-los pra substituir os seus que agora não funcionam mais.

Mas ele é atraído até um barranco, onde Johnny se revela e solta a melhor frase do filme.


"Aqueles óculos me custaram 500 dólares, seu pau no cu!"

Ok... Eu tô meio que pegando a frase da versão original do filme, que é "Those were 500 dollar sunglasses, asshole!", mas é que a frase da dublagem BR é muito sem graça, então vamos fingir que ele falou uma tradução da frase da versão original.


Então Goro leva uma pernada tão forte na cara que cai do barranco e vai parar na China da Era dos Três Reinos.

Creio que lá ele vai se dar bem com o Lu Bu, que é outro personagem apelão do caralho.

Finalmente Art foi vingado, agora sua alma pode descansar em paz... Ou não, ela foi absorvida pelo Shang Tsung, mas tanto faz. Aliás, acho que essa luta representa que o Johnny parou de tentar provar ser um lutador excepcional através de mera força bruta e resolve derrotar um gigante parrudo como o Goro de uma forma mais inteligente e calculada? Eu não sei... Essa luta e o aviso anterior do Raiden de que se o Johnny Cage escolher lutar descuidadamente ele vai morrer devem se conectar de alguma forma.


Em meio a toda essa confusão, Shang Tsung sequestra Sonya... Porque agora de repente ela não é mais uma mulher forte o suficiente pra lutar... E foge pra Outworld através de um portal. Raiden não pode ir pra Outworld porque ele perde seus poderes lá, porém Liu Kang e Johnny Cage podem, e é exatamente isso que eles acabam fazendo.


E basta uma olhada em Outworld pra entender o porquê do imperador estar afim de pegar os outros domínios: Esse lugar não tem nada! Olha só pra isso, é só um monte de cadáveres jogados por aí em uma planície [?] gigante que consegue ser mais vazia do que o Hyrule Field de Ocarina of Time. De qualquer forma, a torre onde Shang Tsung se reside tá no fim dessa planície, e como aparentemente não há mais nada de interessante por aqui, os dois apenas continuam andando.


Até que Liu Kang percebe que Reptile andou seguindo eles desde quando entraram em Outworld, não perdendo tempo em pegar o lagarto pelo pescoço...


... Jogá-lo em um cadáver e...


... Hein? O cadáver puxou Reptile pra dentro de si mesmo com as suas entranhas...?


E isso de alguma forma transformou o cadáver em um ninja? Mas o que a foda foi isso?


Então o ninja procede pra dar uma voadora tão fodida no Liu Kang que ele voa até o outro lado de Outworld e atravessa as paredes de algum castelo abandonado. Mas tá tudo bem, nenhum osso quebrado e nem nada, qualquer ser humano sobreviveria a uma coisa assim.


Mas não temos tempo pra tentar entender o que diabos aconteceu, pois agora a melhor luta do filme está acontecendo, assim como a melhor música do filme tá tocando!

Quer saber? Eu nem vou me importar em descrever essa luta, qualquer descrição aqui não faria justiça a ela, então... Assista você mesmo!


Mas pra quem tá com preguiça de assistir: Liu Kang vence porque o jogador segurou o botão de chute baixo por alguns segundos e depois o soltou, fazendo com que ele use o Bicycle Kick.

Ele não fala "YULYOUYLOUYLOYUYLO" enquanto chuta, no entanto.

Aliás, onde picas o Johnny Cage tava durante essa luta? Considerando que o Liu Kang teve uma dificuldade pra peitar o Reptile, com certeza alguma ajuda seria bem vinda.


Então Kitana aparece pra ter uma última conversa com Liu Kang antes do confronto final e... Ah, agora você aparece, Johnny? Vai se foder!

Basicamente, Kitana diz que Outworld é o que Earthrealm vai se tornar caso Shang Tsung vença esse Mortal Kombat. Então temos um pouco da backstory dela revelada, ela diz que o pai dela era o regente desse domínio, até que o imperador quis conquistar isso e o venceu em 10 Mortal Kombats, em seguida suas forças invadiram tudo, mataram mais gente do que a Ebola e inclusive o próprio pai da Kitana foi morto no meio disso. No entanto, Kitana foi adotada pelo próprio imperador, e viveu esse tempo todo na esperança de que alguém possa acabar com esse cuzão e restaurar a paz ao seu domínio natal.

Mas pra isso, Liu Kang terá que passar por três desafios: O de enfrentar seu inimigo, o de enfrentar a si mesmo e o de enfrentar seu maior medo.


Enquanto isso, na torre de Shang Tsung, descobrimos que o feiticeiro é um grande fã do Axel Rudi Pell, pois fez questão que o visual da sua prisioneira ficasse igualzinho ao do guitarrista alemão, mas também a vestiu com uma roupa de líder de torcida de couro porque também é um fetiche dele.

Sonya e Shang Tsung têm um diálogo que em resumo é basicamente isso:

"Lute contra mim, Sonya."
"Ah vai a merda, porra."

Então... A única luta 1 vs 1 que a Sonya teve no filme todo foi aquela contra o Cano, isso é meio que decepcionante, considerando que ela tem um bocado de movimentos legais nos jogos.


Enquanto Shang Tsung ouvia Forever Angel e cantava junto no refrão e estava prestes a tocar o meio das suas pernas imaginando a Sonya tocando a guitarra, ele não percebeu que Liu Kang, Johnny Cage e Kitana estavam disfarçados de monges o tempo todo e vieram pra acertar as contas. Porra, caras... Tudo bem que vocês queriam salvar a Sonya e derrotar Shang Tsung, mas não se interrompe um momento íntimo como esse!

Naturalmente, Shang Tsung fica muito puto e manda os outros monges atacarem-nos, mas Kitana impede isso e diz que o Mortal Kombat não pode ser vencido pela traição ou algo assim. De qualquer forma, isso resulta em Shang Tsung sendo desafiado por Liu Kang para a batalha final do filme, e o feiticeiro aceita o desafio, naturalmente, porque ele não é um arregão.

Agora tá chegando a música...


TEST YOUR MIGHT...


TEST YOUR MIGHT...


MORTAL KOMBAAAAAAAAAAAAT!

Assim começa a batalha final. Liu Kang e Shang Tsung lutam de igual pra igual, trocam socos e chutes de trocentas maneiras diferentes, todo mundo olha ansioso enquanto a música tema do filme toca no fundo. Simplesmente épico, não tem como ficar melhor que isso!


Oh não, Liu Kang foi derrubado!


Mas ele logo se recompõe e dá uma bifa tão caralhuda na cara do Shang Tsung que a cabeça dele fica girando e ele começa a ver mini-Shao Kahns voando por aí ao seu redor.


A luta pausa dramaticamente pra mostrar que essa porrada na cara deixou Shang Tsung um pouquinho irritado, porque ele acabou de ter seus lábios estourados e pretendia usá-los pra dar uns pegas na Sonya quando isso tudo acabasse. Contra a vontade dela, é claro.

Shang Tsung então começa a usar um poder macabro onde um fantasma/alma penada/monstro aparece atrás dele, então esse monstro entra no chão pra que guerreiros anteriormente mortos em batalha sejam revividos como escravos do feiticeiro. Por que Liu Kang não encheu ele de porrada enquanto ele tava lá parado fazendo esse poder? Eu sei lá!

Mas ele consegue reviver quatro guerreiros mortos pra encarar Liu Kang... Porque aparentemente isso é válido nas regras do Mortal Kombat, eu acho.


E como todo grupo inteligente de várias pessoas indo lutar contra uma, eles atacam Liu Kang um por um ao invés de todo mundo se juntar pra cima dele. De vez em quando vem dois, mas... Qual é? Vocês são quatro, e ainda por cima estão armados com espadas e outras armas brancas, caralho! Agora eu sei de onde os roteiristas do Mortal Kombat de 2011 tiraram inspiração praquela cena onde a Sindel mata quase todo mundo...

Obviamente eles são derrotados, e com isso Liu Kang enfrentou seu inimigo.


Shang Tsung sobe até o andar de cima da arena e então faz um discurso de vilão de filme da Sessão da Tarde, falando que o Liu Kang vai morrer porque ele pode enxergar dentro da sua alma Então Kitana diz "Enfrente a si mesmo" e Liu Kang responde "Você pode ver dentro da minha alma, mas não a possui", logo em seguida subindo até onde Shang Tsung está.

... Então Kitana diz "Enfrente seu maior medo".

Peraí, o Liu Kang já enfrentou a si mesmo? Era esse o segundo desafio? Dar uma resposta pro discursinho do Shang Tsung? Wow...


Shang Tsung usa seu poder de se transformar em outras pessoas pra assumir a forma de ninguém menos do que o próprio Chan, irmão falecido de Liu Kang... O que faz com que Liu Kang pisque mais vezes do que eu poderia contar enquanto fica na dúvida se acredita ou não que é o Chan.

Uhhh... Você literalmente viu o Shang Tsung se transformando no Chan, e o Raiden meio que já avisou que ele pode fazer isso. Por que diabos você tá surpreso e ainda com essa dúvida na mente? Tá bom que é o seu irmão, você não o vê há muito tempo, ele tá morto e tal, mas... Qual é? Dá uma voadora nesse filho da puta logo por tentar usar o seu irmão pra manipular suas emoções!

Ao invés disso, Chan Tsung começa a tentar fazer Liu Kang parecer o culpado pela morte do seu irmão, dizendo que o perdoa por deixá-lo morrer...


... Enquanto isso, espinhos crescem lá na arena de baixo, pra depois rolar aquele Stage Fatality esperto.


Liu Kang se toca que provavelmente o seu irmão não o odeia e nem tentaria fazer com que ele se sinta culpado por isso, então ele grita "ENFIA ESSA TRANSFORMAÇÃO NO FIOFÓ, SHANG TSUNG!"


Vendo que seu disfarce foi descoberto, Shang Tsung volta ao normal e responde "SÓ SE FOR NO SEU!"


Então eles voltam a lutar e Shang Tsung dá um Hadouken no Liu Kang!

Honestamente, essa cena com o Chan seria mais interessante se o Shang Tsung lutasse contra o Liu Kang usando essa forma do Chan, porque aí isso poderia mexer mais com a cabeça dele. Imagina, mesmo sendo o Shang Tsung transformado, ainda vai parecer que o Liu Kang tá surrando justamente o irmão dele, aí ele poderia hesitar em vários momentos enquanto Chan Tsung usa a oportunidade pra descer a porrada no nosso herói confuso. Isso acabaria criando todo um dilema, onde Liu Kang tem que aceitar que seu irmão está morto de que esse na frente dele é só o Shang Tsung tentando mexer com a sua cabeça, e aí sim efetivamente enfrentar o seu maior medo, que é o de não conseguir superar a morte do seu irmão.

Nem todo mundo é o Roy Mustang, diabos!


De qualquer forma, Liu Kang apanha mais do que uma prostituta sadomasoquista nesse segundo embate e as coisas no geral não parecem nada boas pro lado dele. Sendo puxado pelos cabelos e tendo a sua cabeça socada contra o chão, parece que ele vai ter seu trágico fim aqui.


Mas nosso herói fica de pé, e afirma que ele é o escolhido!


Então ele segura Shang Tsung, e acontece um diálogo meio estranho que indica que Shang Tsung tá sendo enfraquecido porque as almas que ele absorveu estão se levantando contra ele, ou algo assim. Isso é acompanhado por efeitos de almas saindo de dentro do corpo dele... Não sei exatamente por que isso aconteceu, mas tanto faz.


Liu Kang resolve retribuir o truque sujo de Shang Tsung com um outro truque sujo: Um murro no saco, tão bem dado que o Shang Tsung ficou com a voz do Anderson Silva pro resto do filme.

Porque golpes nas partes genitais são permitidos no Mortal Kombat, como evidenciado pela luta entre Johnny Cage e Goro.


Liu Kang prepara seu ataque final! Shang Tsung tá mais fodido do que se ele tivesse que receber um boquete da Mileena!

... Ou não, talvez isso foi meio exagerado, um boquete da Mileena com certeza deve ser mais doloroso do que qualquer Fatality.


Mas Shang Tsung apanha... Pra caralho. Eu nunca vi uma pessoa levar tanto soco na cara na minha vida, Jesus! Como a cara dele não ficou toda inchada e deformada depois disso?


O feiticeiro é finalizado pela bola de fogo do Liu Kang... Que tem um efeito especial bem pior do que eu me lembrava, mas pelo menos o derrubou da plataforma.


Então um Stage Fatality, como previsto!

O Liu Kang diz "Vitória limpa" logo depois, que é a tradução que arrumaram aí pra Flawless Victory... E isso é uma mentira! Flawless Victory meu ovo, cê levou um monte de porrada antes de vencer essa luta!


Com a morte de Shang Tsung, todas as almas que ele havia aprisionado saem do seu corpo... E que bom que todas elas são de boas pessoas indo direto pro paraíso, né?


E olha só quem tá no meio dessas almas: Chan!

Basicamente ele só dá um oi e vai embora. Tava muito ansioso pra conhecer Jesus e contar a ele histórias sobre como ele tomou parte em um torneio de artes marciais onde lutadores matam um ao outro violentamente.


Todos voltam pra Earthrealm, tudo parece feliz, Raiden os encontra de novo e comenta sobre como esse foi o melhor filme de todos os tempos. Então todos viveram felizes para sempre.

...Mas espere!


Oh, ótimo, uma tempestade se aproxima. Bela maneira de arruinar o clima de final feliz, hein, Elder Gods?


Pera, não foi obra dos Elder Gods, mas sim do Imperador Shao Kahn, que tá invadindo Earthrealm por algum motivo! Ele veio pegar as almas de todos, fujam!


Então Raiden fica com efeitos de raios nos olhos e manda um "Eu acho que não..."


E aí eles fazem uma pose enquanto a música tema toca no fundo e corta pros créditos!

Essa deve ter sido a isca de sequência mais descarada da história da indústria cinematográfica, com certeza. Esse último trecho é tão hilariamente absurdo e brega, mas ainda parece tão apropriado pra esse filme, que eu não conseguiria achar isso um filme completo se não tivesse um desfecho desses... É muito ruim, mas é exatamente por causa disso que é tão bom. Genial!

E essa sequência, hein? Provavelmente vai ser ótima, certo?


... PfffAAAAAAAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!

Oh, Deus... Meus lados estão em órbita...


Bem, agora falando sério... Eu gosto desse filme. Não-ironicamente. Certo, a história não é lá a coisa mais bem estruturada do mundo, o desenvolvimento de alguns personagens como a Sonya é inconsistente, Scorpion e Sub-Zero foram mal usados, os efeitos especiais eram datados mesmo naquela época e se você assistir isso sem saber de nada dos jogos, provavelmente vai detestar. É definitivamente um filme de video game pra fãs de video game, um público bem específico no meio da gigantesca maré de entusiastas de cinema por aí.

Mas olha bem... Mortal Kombat é uma adaptação de um fodendo jogo de luta! O que diabos você espera disso? Tá certo que Mortal Kombat tem mais história e contexto pros seus personagens e o universo deles em comparação com jogos de luta típicos, mas ainda assim nunca foi nenhum Shakespeare. E eu não creio que esse filme queira ser algo além disso também: Uma adaptação de video game. Dá pra notar uma auto-consciência no filme, na maior parte do tempo ele não é tão pretensioso assim e é importante que os produtores do filme tenham essa noção... Apesar que "Mortal Kombat não é sobre morte, mas sim sobre vida" ainda é uma frase de cair o cu da bunda, porém não é como se o filme mantivesse essa pseudo-profundidade por muito tempo.

E como adaptação do primeiro Mortal Kombat com alguns aspectos de Mortal Kombat 2... O filme de Mortal Kombat podia ter sido bem pior, é no máximo uma boa adaptação do jogo, já que em vários aspectos é fiel ao material base, as cenas de ação são em maioria boas, e por mais que certas decisões criativas sejam ruins, outras são bem legais. Quer um exemplo? No primeiro Mortal Kombat a motivação do Liu Kang pra entrar no torneio é meramente porque ele quer salvar o mundo... Todos os outros personagens têm motivações distintas, mas o Liu Kang é o óbvio protagonista do bem que quer derrotar o MAAAAAL. Nesse filme, apesar de clichê, a motivação do irmão morto torna o Liu Kang um herói bem menos sem graça, principalmente quando ele entra no torneio apenas pra realizar sua vingança e tá cagando e andando pro mundo, o comportamento dele reflete isso bastante, mas até o final do filme ele se desenvolve e supera isso.

Com o Johnny Cage é algo parecido, e ele também tem seu espaço pra crescer durante a trama, apesar do foco óbvio ser no Liu Kang, e ele ainda tem boas cenas e alguns diálogos legais apesar disso. A única que realmente sofre com isso tudo é a Sonya, o arco de personagem dela é resolvido antes da metade do filme, a fraqueza dela acaba não sendo exatamente bem explorada e a "evolução" dela como personagem é que ela vai de uma mulher durona que não confia em ninguém pra uma donzela em perigo que precisa de ajuda... É... Não foi muito legal isso. Mas ok, com seus altos e baixos, ainda acho Mortal Kombat uma boa adaptação dos jogos, provavelmente até hoje é o melhor filme baseado em jogo já criado, ainda que isso não seja exatamente um grande feito. Um bom filme? Ehhh... Talvez não, mas eu prefiro julgá-lo como adaptação de video game, que é o que o filme sempre teve intenção de ser.

Veredicto:

{ 1 comentários }

- Copyright © Blog do Ryu - Date A Live - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -