Posts Populares:

Postado por: Ryu quarta-feira, 11 de junho de 2014

We announced too many games.
Now you gotta buy them all.
So all aboard the HYPE TRAIN!

Bla bla bla E3 bla bla bla jogos novos bla bla bla. Você já sabe como isso funciona a esse ponto e provavelmente deve odiar repetecos assim como eu, então pra cortar uma falação sobre o evento e tal, eu vou fazer esse post diferente e provavelmente vai ser o modelo pros próximos posts relacionados à E3.

Ao invés de fazer um post pra cada dia falando das conferências tudo e tentando fingir que estou interessado em todas elas... Eu resolvi só pegar os jogos anunciados ou acontecimentos que realmente me interessaram durante o evento todo, porque afinal de contas isso aqui é o meu blog onde eu posto o que eu tô afim de postar e não um site de notícias que tem obrigação de cobrir toda a E3.

Entendido?
Entendido.

Então sem mais enrolações e falatório, vamos ver o que a Sony, a Microsoft, a Nintendo e as demais empresas aí têm pra nos mostrar esse ano!


Por incrível que pareça, boa parte dos jogos que me interessaram foram anunciados na conferência da Microsoft... Que ao contrário daquele desastre do ano passado, dessa vez foi realmente sobre jogos e eles até falaram bem menos sobre jogos de Kinect. É como se eles tivessem se tocado de que o Kinect é um lixo e que as pessoas vão à um evento de jogos pra ouvirem falar sobre jogos! Existe um Deus lá em cima afinal de contas!

... Ou talvez não, ainda é muito cedo pra cantar vitória.

Mas eu sei que anunciaram Sunset Overdrive no ano passado que eu não liguei muito por ter sido só um trailer em CG e eu já aprendi bem a não confiar em trailers assim porque é claro que o jogo em si vai ser muito mais limitado... Mas agora mostraram ele de novo com gameplay e tudo pra realmente sabermos como o negócio vai ser de verdade.

Rapaz... Vou te falar, eu não tava esperando muita coisa, mas esse jogo me pegou completamente desprevenido. O trailer em si tinha um humor bem clichê apesar de funcionar com a quarta parede sendo quebrada e tal, só que foi quando começou o gameplay que meus olhos quase saltaram das órbitas... O cara tava pulando por aí no meio da cidade, fazendo acrobacias enquanto atira em uns monstros genéricos com armas malucas que causam explosões por aí, mata eles usando o cenário e até muda pra uma outra que congela todo mundo. Daí tem um boss, mais armas montadas pela junção de um monte de bugigangas, mais Parkour, um grind numa montanha russa enquanto luta com zumbis, toda a ação fluindo sem parar... Porra, que negócio foda, Jesus!

Pelo visto esse jogo é o que aconteceria se Dead Rising, Bulletstorm e Jet Set Radio fizessem um menage a trois e tivessem um filho. E eu adorei essa porra! É justamente desse tipo de shooter que eu gosto, cenários abertos, ação exagerada, mais opções de combate do que só ficar escondendo atrás de cobertura e esperando os inimigos pararem de atirar em você pra contra-atacar... Eu gosto de jogos como Vanquish e Bulletstorm porque eles inovam nesse quesito de tiroteios e conseguem adicionar elementos novos como o Leash e o Slow Motion. Queria que Sunset Overdrive não fosse exclusivo do Xbox One pra eu poder jogar, mas como é... Provavelmente eu não vou porque não tenho muito interesse no console em si. Mas admito que isso é um exclusivo bem tentador.

Falando em Dead Rising, também teve um DLC de Dead Rising 3 chamado Super Ultra Dead Rising 3 Arcade Remix Hyper Edition EX+ Alpha, que se você não percebeu é uma piada com a Capcom e suas caralhocentas versões de Street Fighter IV. É um DLC que vai ter skins de personagens famosos da Capcom, os personagens dos outros jogos da série como Frank West e Chuck Greene, e até movimentos como Hadouken, Sonic Boom, etc.

Legal, Capcom, eu admiro o seu senso de humor e a sua capacidade de rir de si mesma... Mas eu ainda te odeio.

No entanto, bela tentativa.


... Sim, você já deve esperar que eu vá falar disso, mas o Conker apareceu nessa conferência.

Tudo começou quando mostraram um jogo aí chamado Project Spark, não me interessou muito porque parecia um LittleBigPlanet wannabe e eu já não ligo pra LittleBigPlanet... Só que aí no fim do trailer o Conker apareceu por trás do logo e o serrou no meio, falando que não conseguiu resistir e que passou quase 10 anos sem nenhum jogo.

Você não faz ideia da cara que eu fiz quando eu vi isso. Eu pensei que era uma transição pra um trailer de um jogo novo do Conker, minhas pupilas se dilataram, eu abri um sorriso que se estendeu além das minhas orelhas e foi até a nuca, eu quase que dei um grito igual o de uma garota retardada quando vê uma cena de um filme no cinema onde o personagem masculino tira a camisa... Eu pensei "PORRA, AGORA SIM EU COMPRO UM XBOX ONE, FODA-SE MINHA VIDA!".

... Pra depois ele falar "Acho que você vai ter que fazer um por si mesmo." e aí na verdade era só pra mostrar que o Conker é parte desse Project Spark aí.

Sério, Microsoft, vai se foder, vai se foder com mil dildos roxos elétricos vibrantes! Eu nunca fui de um estado de alegria imensa pra raiva tão rápido em toda a minha vida, foi só uma questão de segundos. E ainda vem os filhos da puta da Rare falar no Twitter que querem ver os jogos do Conker que as próprias pessoas fizerem.

Vão tomar no meio dos seus cus! Como vocês podem fazer isso comigo? Se for pra anunciar alguma coisa com o Conker que não seja um jogo novo dele ou uma participação dele na versão de Xbox 360 de Mortal Kombat X, então não façam porra nenhuma! Seus filhos de uma velha carcomida desgraçada! Seus sacos de adubo ambulantes! Seus cornos brochas chifrudos! Seus arrombados! Seus comedores de merda! Seus... Seus... SEUS DEFENSORES DE SONIC BOOM!

EU ODEIO VOCÊS! TOMARA QUE VOCÊS SEJAM ESTUPRADOS POR UMA MANADA DE ESQUILOS VERMELHOS COM MOTOSSERRAS QUANDO ESTIVEREM VOLTANDO DO TRABALHO PRA CASA! QUE ELES ENFIEM A MOTOSSERA LIGADA NOS SEUS CUS E RASGUEM TODOS OS SEUS CORPOS POR DENTRO PRA DEPOIS PARTIREM CADA UM DE VOCÊS NO MEIO!

... Melhor eu pular pro próximo jogo logo.


AND IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
WILL ALWAYS LOVE YOOOOOOOOOOOOOOOOOOOUUUUUUUUUUUUUUUUUU!

IIIIIII WILL AAAAAAAAALWAAAAAAAAAAAAAYS LOVE
YOOOOOOUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!

IIIIIIIIIIIIIII WILL AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAALWAAAAAAAAAAAAYS
LOVE YOOOOOOOOOOOOOOOOUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!

... Ok, me desculpem, eu ainda tô abatido por isso, agora vou tentar mesmo seguir em frente.


Outra coisa que foi mostrada na conferência da Microsoft foi algo que todo mundo já sabia que ia acontecer: Uma sequência pro reboot de Tomb Raider do ano passado. Só que o nome desse novo jogo é Rise of the Tomb Raider, porque "Tomb Raider 2" seria um título muito previsível ou seria lógico demais como sequência pra um jogo chamado "Tomb Raider", eu acho...

Foda-se também, eu gostei do primeiro jogo. Apesar de ter QTEs até no cu e umas dessas sendo até bem frustrantes... Eu gostei dos puzzles, das partes de ação, da Lara como personagem que vai de uma garota indefesa até uma assassina em massa em questão de algumas horas e dos gráficos lindos pra caralho junto com a cinematografia incrível. Então ok, eu sou a favor desse reboot continuar se consertarem o que tinha de errado no primeiro.

Mas o trailer em si nem mostra muita coisa, só que a Lara aparentemente tá traumatizada pela experiência do jogo passado e aí tá falando pro psicólogo sobre como ela quase morreu e matou uns 600 caras na ilha de Yamatai e também um padre maluco que tava tentando invocar uma deusa japonesa. Sábio, o psicólogo manda ela explorar novos horizontes pra fazer expedições arqueológicas e matar mais gente, o que o torna o psicólogo do ano de 2014.

Enfim, depois disso mostra a Lara gritando e se fodendo como sempre e aí fica tudo ambíguo porque esse é um daqueles trailers em CG e provavelmente ano que vem deve ter algum gameplay. Mas ainda assim, eu tô aguardando esse jogo, espero que seja melhor do que o primeiro e também espero mais da Lara se sujando de lama e gemendo de novo.

... Que foi?

Também teve um trailer de um jogo novo da Platinum Games chamado Scalebound, que mostra que o Dante Sparda original não morreu, só resolveu tirar umas férias caçando dragões em alguma terra medieval aí. Como esse jogo pelo trailer em CG aparenta ser um Hack 'N Slash e os dragões são enormes indicando que provavelmente teremos mais bosses como os robôs de Metal Gear Rising... Sim! Eu mal posso esperar por esse jog... Ah, pera, é exclusivo do Xbox One... Porra, Microsoft!

No fim das contas, da conferência da Microsoft, foi basicamente isso que me chamou atenção... Eu ainda tô nervoso por causa do Conker, mas eu admito que a conferência em si foi bem decente. Claro, teve shooters em abundância, um trailer do novo Call of Duty que previsivelmente parece ser o mesmo jogo de sempre com gráficos mais bonitos... Só que pelo menos a conferência foi sobre jogos, mostraram trailers de jogos, gameplays, falaram quase nada do Kinect direito e "TV" e "Social Media" nem sequer foram mencionados. Então parabéns, Microsoft, continue assim.

E vão tomar no cu!

Como a próxima conferência é a da EA, eu não sou fã de jogos de esporte e não me interessei por nada em particular que mostraram por lá... Vamos pular direto pra da Ubisoft e ver o que eles têm.


Sim, Far Cry 4 foi anunciado há uns tempos atrás e só agora eu reparei que não fiz uma review de Far Cry 3 nesse blog ainda... Eu jurava que já tinha, mas ok, deixa pra outro dia. Então, apesar de tudo, a única coisa que sabíamos sobre Far Cry 4 é que o vilão vai ser o filho do Clodovil com o Skrillex. E ainda bem que ele não seguiu uma carreira musical produzindo ruídos barulhentos irritantes com batidas aleatórias no fundo como o seu pai infelizmente fez.

Pois é, agora sim veremos Far Cry 4 em ação com toda a sua glória! E pela insanidade do Vaas, esse jogo parece lindo! Mas o que é mostrado é que o protagonista tava numa van com uns caras aí e um macaco, só que eles são parados por uns sujeitos com uniforme miltar aí que matam um monte de amigos do protagonista e depois descobrimos que eles trabalham pro Clodovillex aí.

Então né, quando eu vi a imagem desse cara, eu não botei muita fé não porque eu até hoje não vi um vilão aboiolado em algum video game que seja realmente legal... E não, o Kuja não é legal. Mas assim que eu vi esse cara botando moral nos soldados, falando que ele pediu pra parar a van e não atirar e que existe uma diferença grande nisso, eu já comecei a pensar "Esse cara vai fazer alguma coisa que vai me fazer mudar de ideia sobre ele.".

Aí quando o soldado justificou que fugiu do controle... O Clô simplesmente pegou o cara, esfaqueou ali na frente de todo mundo e depois reclamou que seus sapatos de couro comprados durante sua viagem pra França estão sujos de sangue. Daí ele tira uma selfie junto com o protagonista usando o celular e as coisas continuam como se nada tivesse acontecido, terminando com a frase "You and I are gonna TEAR SHIT UP!" e com alguém enfiando uma sacola na cabeça do protagonista e enrabando ele por trás.

Eita porra... Esse cara me passou a impressão de ser tipo o Trevor Philips, só que com a mesma insanidade do Vaas. Eu certamente não iria querer encontrar ele numa ilha desconhecida nem a pau.

Depois um gameplay desse jogo é mostrado na conferência da Sony. E assim podemos ver que esse jogo tem um Grapple que pode ser usado pra balançar por aí, a Wingsuit continua aí pra você planar pra onde você quiser desde que esteja num lugar alto o suficiente pra isso, agora você pode atirar e dirigir um veículo ao mesmo tempo... E o mais legal: Pode pular do seu veículo pra algum outro e tirar os inimigos de dentro dele pra você passar a dirigi-lo agora. Também foi introduzido um modo Co-Op onde uma pessoa qualquer pode se juntar a você online e aí vocês saírem por aí metralhando tudo.

Fora isso, parece ser bem o que você esperaria de Far Cry: Lugares abertos enormes pra explorar, animais, armas, etc e tal. Como esse jogo vai ter uma versão pra Xbox 360 eu tô realmente empolgado, que venha Far Cry 4!

Agora tem outro jogo da Ubisoft que também me interessou, mas esse já é previsível...


... Sim, Assassin's Creed: Unity. Eu fiquei um pouco decepcionado com os últimos jogos dessa série, o suficiente pra achar que esse novo seria meio que o IV com gráficos mais bonitos e se passando na época da Revolução Francesa.

Aliás... Porra, Ubisoft! Quando é que vocês vão fazer um Assassin's Creed no Japão Feudal? Imagina só um desses se passando durante o Período Sengoku com o Nobunaga Oda sendo inicialmente o antagonista e tendo umas duas continuações que expandiam a história até a Batalha de Sekigahara. Façam isso acontecer por favor!

Mas ok, enquanto isso eu posso lidar com franceses e seu sotaque altamente duvidoso.

O que importa é que Assassin's Creed: Unity acabou me impressionando também de certa forma. Digo, pra quem tava quase sem expectativas, eu fiquei surpreso que eles realmente parecem ter melhorado um monte de coisa dessa vez. O Parkour parece que ficou bem mais ágil e até subir nas paredes parece fluir bem melhor do que o normal, além de que finalmente essa porra tem animações novas! Vocês não fazem ideia da cara de bosta que eu fiz quando vi que o Edward tinha exatamente as mesmas animações do Connor ano passado.

E sim, as animações novas são bem badass, o cara consegue parecer estiloso até pulando da beirada de algum local alto. Outra coisa que adicionaram e que eu tava querendo desde que eu conheci Assassin's Creed é a possibilidade de agachar e se tomar coberturas... FODE SIM, CARALHO! FINALMENTE! Não acredito que demoraram tanto pra perceber que as seções de Stealth dos jogos passados da série eram uma merda justamente pela falta disso! Você só podia agachar ou se esconder em lugares específicos como matos, moitas, alguma montanha de palha aí e tal, mas aqui pelo visto dá pra fazer isso em qualquer lugar... Sim, porra! Era disso que eu tava falando!

Apesar que o combate ainda não parece lá muito desafiador porque os inimigos ainda só te atacam um por um e pelo visto continua sendo "Counter to win", mas quem sabe eles melhorem isso depois. O que importa é que agora sim dá pra ver que eles tão tentando, porque Assassin's Creed IV era só o III com um mapa do mundo gigante e uma mecânica naval melhor. E pelo visto, esse jogo é mais focado no trabalho em equipe com outros assassinos aliados do protagonista, porque eu só vi gameplays em conjunto com esses caras ajudando a eliminar guardas e tal.

Se for o que eu tô pensando, provavelmente vai ser um daqueles jogos com aliados controlados pela IA e que dá pra algum outro jogador online aí assumir o papel de um deles pra me ajudar... Eu só espero que a IA seja boa o suficiente sozinha, até porque eu não sou muito de jogar cooperativamente, só quando é a única forma de eu tirar algum proveito de verdade do jogo, que nem Resident Evil 5 e a Sheva com aquela IA horrível dela.

Vai se foder, Sheva!

Voltando pra Assassin's Creed... Pois é, com o Stealth agora sendo provavelmente mais funcional do que dos jogos passados e mostrando que dá realmente pra passar até de uma sala pequena com inimigos se você for bom o suficiente e animações novas... Esse Assassin's Creed sim parece ser aquele jogo que vai causar o mesmo impacto na série que Assassin's Creed II causou. E o gameplay em si foi basicamente uma missão de assassinato normal de um jogo da série: Algum filho da puta tá fazendo merda, vai lá e mata ele.

Agora resta ver o que mais tem de novo nesse jogo, se tem novas armas, novas habilidades, algum novo tipo de missão... Tô bem mais otimista sobre isso do que quando foi anunciado ano passado, mas sei que deve demorar pra eu jogar já que por enquanto é bem improvável que eu consiga algum console da nova geração.

De qualquer forma... Bom trabalho, Ubisoft, obrigado por finalmente renovarem alguma coisa na série depois de tanto tempo.

E aí... Acabou o que pegou meu interesse na conferência da Ubisoft também, e se você por acaso sentiu falta do Rayman, saiba que não é o único. Cheguei a pensar até que anunciariam um novo jogo 3D dele ou no mínimo algum sucessor de Rayman Legends, mas nope. Quem sabe ano que vem.

A próxima é a conferência da Sony, que eu meio que já falei indiretamente sobre já que Far Cry 4 teve seu gameplay mostrado lá, mas tem mais coisa.


Depois daquele trailer em CG com uma música estranha, Mortal Kombat X finalmente teve um gameplay mostrado publicamente... E ainda bem que não tem nenhum rap tocando no fundo durante o jogo em si também. Então primeiro temos umas cutscenes aí mostrando o Scorpion e o Sub-Zero conversando... Peraí, o Sub-Zero não foi transformado num robô na história do jogo anterior? Bem... Devem explicar isso aí, eu acho. E tem uns personagens novos como uma mulher-inseto que provavelmente já virou assunto do Rule34 e um personagem estranho que tá montado num brutamontes gigante.

Mas foda-se, o gameplay é o que importa aqui afinal de contas! E pra falar a verdade, é exatamente como eu esperava que fosse. Os combos ainda estão lá, os ataques especiais icônicos dos personagens também, agora tem uma interação com o cenário nos combates que foi herdada de Injustice, alguns toques adicionais pequenos porém efetivos como o Sub-Zero poder criar seu clone de gelo e o arremessar no inimigo se quiser... E os X-Ray Moves voltaram e tão com animações mais detalhadas.

E claro, eu não poderia deixar de falar que o jogo tá tão violento quanto você esperaria de Mortal Kombat. Os Fatalities desse jogo já parecem ser brutais, destaque pro Sub-Zero congelando o corpo do Scorpion, dando um soco e deixando a coluna dele exposta pra depois quebrar ela com suas próprias mãos... Mas também tem outros corações explodindo, mutilações e mais uma porrada de coisas que provavelmente farão algum país afrescalhado aí banir esse jogo.

Não, eu não tô decepcionado igual muitas pessoas por aí estão por pensarem que seria exatamente como o trailer... E eu ainda tô impressionado que alguém realmente tenha pensado que aquilo fosse um gameplay. Caras, sério que vocês não sabem distinguir CG de in-game em pleno 2014? Era óbvio que aquele trailer era só pra indicar algo tipo "Ei, estamos fazendo um novo Mortal Kombat!" e o combate lá era pra indicar que vai ser similar ao anterior com X-Ray Moves e tudo.

Enfim, os gráficos tão decentes e o gameplay parece ser uma versão melhorada do anterior... Assim como qualquer sequência boa de qualquer jogo ever, então também tô aguardando Mortal Kombat X.


E agora o momento que todos nós esperávamos... Batman: Arkham Knight! Já foi revelado um monte de coisas sobre isso, mas as mais notáveis: Arkham Knight é na verdade o nome do vilão do jogo e não uma referência ao Batman, o Batmóvel será jogável e esse vai ser o último jogo da série Arkham produzido pela Rocksteady. O que significa que se surgir qualquer jogo relacionado a essa série depois disso, provavelmente vai ser feito pela WB e por isso é irrelevante.

Sabe... Olhando o Batman desse jogo de frente, eu tô reparando alguma coisa meio estranha nele... Eu juro que reconheço essa cara e essa boca em algum lugar... Eu preciso me recordar, se não vou ficar o resto do dia pensando nisso até minha cabeça explodir... Onde eu já vi essa cara antes? Hm...

... Mas é claro! É o Trevor Philips! O que diabos aconteceu entre Arkham City e esse jogo afinal?

Pera... Se o Batman desse jogo é o Trevor, então significa que o Arkham Knight é na verdade o Bruce Wayne que tava sendo o herói esse tempo todo e tentando parar o Trevor que achou a Batcaverna e roubou os equipamentos dele? E isso também significa que Gotham City fica próxima de Los Santos? Wow, quantos plot twists logo de cara assim!

Falando sério agora, o gameplay desse jogo me deixou boquiaberto. Logo de cara já deu pra ver que planar deve ser diferente porque o Batman tá bem mais rápido e parece que consegue atitude com mais facilidade, provavelmente dependendo da direção do vento ou algo assim. E então aparece o Batmóvel e aparentemente o gameplay dele é o de um carro de jogo Open World com esteroides, parte dos cenários é destrutível e o carro mudou pra um modo de batalha com direito a metralhadoras, mísseis perseguidores, bombas e tudo o que você desejaria ter em algum Twisted Metal ou Vigilante 8. O Batman também pode ejetar do Batmóvel quando ele quiser e sair planando por aí, o que pode vir a ser bem útil.

E tem uma pequena amostra do combate no final mostrando que ele deve ter melhoras também, mas só mostrou o Batman acabando com uns três caras numa só corrente de ataques. De qualquer forma, tô ansioso pra ver o que a Rocksteady vai fazer com isso.

Nem preciso falar que o jogo também parece bonito e incrivelmente detalhado, né? Isso é de se esperar de um jogo do Batman que não seja da WB... Aliás, que WB? O que diabos é Arkham Origins? Existe algum outro jogo da série Arkham além desses da Rocksteady? Eu não sei, não me lembro direito dessas coisas e acho que não tô afim de lembrar também.

Bem... Da conferência da Sony, esses dois me interessaram, mas também anunciaram Grim Fandango HD pro PS4. É um jogo que eu nunca joguei pra falar a verdade, mas sempre ouço falar bem, e vindo do Tim Schafer que fez Psychonauts, deve ser bom mesmo. E sim, GTA V foi anunciado pro PS4 assim como foi pra Xbox One e PC, além de The Last of Us também receber uma versão atualizada pro console. Ah é, e tinha o gordinho lá fazendo umas piadas das quais só ele riu.

No mais... Eh. Eu não me interessei muito pelos exclusivos por não fazerem muito meu tipo, Uncharted 4 foi anunciado lá e eu nunca joguei nem o primeiro, tinha um outro jogo lá cheio de QTEs e cutscenes que parece bem cara de exclusivo da Sony mesmo, vai ter um filme de Ratchet & Clank... E por fim, não teve nada de Final Fantasy, o que pra mim foi meio decepcionante porque eu queria ver o que mais mostrariam do XV.

Agora por último, mas também não menos importante... A conferência da Nintendo. Seus corpos estão prontos? O meu eu sei que sim, então vamos lá!

Tá aí uma cena que nos anos 90 era completamente improvável.

Eu não sou exatamente o maior fã da Nintendo que você vai achar por aí, prova disso é que eu não compro consistentemente os consoles deles... Diabos, os únicos consoles da Nintendo que eu realmente tive foram o SNES e o Wii, só. Mas eu gosto da Nintendo, eles sempre tiveram um lugar no meu coraçãozinho e provavelmente sempre terão, apesar de eu não dizer amém pra tudo o que eles fazem.

Aliás, a Nintendo tem provavelmente os meus apresentadores favoritos desses eventos de jogos, o Iwata, o Reggie e o Miyamoto são bem carismáticos e conseguem ser divertidos sem parecer que tão tentando demais ser engraçadões como o pessoal da Ubisoft por exemplo. A conferência até começou com um vídeo o Iwata lutando contra o Reggie com uns efeitos especiais até bem feitos aí pra depois revelar o novo Smash Bros em uma luta entre os Miis de ambos.

Aliás, o novo Smash Bros. teve uma caralhada de revelações ontem e devem vir mais. Pra alegria de uns e desgosto de outros, o Pac-Man foi anunciado como um personagem jogável, eu até esperava isso porque a Namco tava ajudando a fazer esse jogo... Mas agora temos um jogo com os quatro mascotes mais populares dos video games: Mario, Sonic, Megaman e Pac-Man. Alguém lá nos anos 90 imaginou que existiria um jogo em que poderíamos botar esses quatro pra meter porrada um no outro até um sair vitorioso? Claro que não, mas aconteceu! Agora só falta botarem o Bubsy aí pra eu poder arrebentar a cara dele com todos esses personagens.

Engraçado que o Pac-Man aí não veio com o design do reboot dele e sim do anterior lá dos Pac-Man World. Sabe o que falta pra isso ficar perfeito? O Sonic ter uma skin com o modelo clássico dele. Eu juro que se eu jogar esse jogo no Wii U do meu primo e tiver algo assim nele, o Masahiro Sakurai vai virar o meu novo herói dos video games. Eu sei que teve gente que ficou nervosa com isso por odiarem o Pac-Man ou algo assim... E pra falar a verdade, eu iria preferir o Klonoa no lugar dele, mas não me incomodo com o Pac-Man estar nesse jogo, até porque ele tem um valor simbólico maior.

Faz tempo que eu não jogo um Smash Bros. pra falar a verdade, eu não pude jogar o Brawl porque ele nunca rodou no Wii que eu tinha por algum motivo, só o Melee que era legal, mas não é bem aquele que eu queria jogar. Só que como meu primo vai pegar esse novo, eu vou poder jogar ele no próximo século quando eu acabar indo lá pra casa dele ou vice-versa.

Sim, é tão raro isso acontecer atualmente porque ele mora longe e tal... Então só sobrou uma prima que mora logo aqui perto e tem um Wii que de vez em quando eu pego emprestado já que ela nem usa ele direito mesmo, mas não é um Wii U.

Enfim, o moveset dele parece ser legal, ele meio que joga umas coisas dos jogos dele nos inimigos ou algo assim, achei legal a parte do trailer onde tem algo tipo um trampolim por cima de um buraco e o Pac-Man e mais uma galera aí pula enquanto o Mario acaba atravessando ele e caindo. E pelo visto ele também pode se transformar na sua versão redonda que abre e fecha a boca e diz "wakawakawaka".

Apesar de Smash Bros. parece bom, todo mundo sabe qual é o jogo que eu tava esperando ver nessa conferência...


Ahhh sim, pode apostar seu rabo que sim. Eu tô mais hypado pra Hyrule Warriors do que qualquer outra coisa que a Nintendo for soltar no momento. Talvez até mais do que o novo Zelda que ainda não teve muita coisa revelada sobre além de que a direção artística é novamente diferente dos anteriores... Mas falarei sobre ele depois.

Como eu havia previsto, Hyrule Warriors vai ter um monte de personagens jogáveis assim como Dynasty/Samurai Warriors. Só não sei ainda se cada personagem vai ter seu próprio Story Mode com as batalhas das quais ele participa ou vai ser um Story Mode só onde você joga com cada um deles. A história pelo que foi revelada até então é sobre uma bruxa peituda chamada Cia que antes era uma boa pessoa com a tarefa de proteger a Triforce e agora se tornou uma mulher malvada e ainda peituda. Cia sequestrou a Zelda porque ela quer dar pro Link e sentiu ciúmes pelo fato de que ele prefere a Zelda do que uma mulher com esses peitos enormes. E assim ela começa uma guerra contra Hyrule ou algo assim, tá tudo bem ambíguo ainda.

Eu... Não penso muita coisa disso que saiu da história, mas creio que o desenrolar dela seja a parte mais interessante. Eu sei que a Koei é boa com histórias e desenvolvimento de personagens, como eles já mostraram com suas duas franquias mais populares, então não tenho por que duvidar deles aqui.

Na E3 em si teve um novo trailer revelando a Zelda e a Midna como personagens jogáveis e uns vídeos de gameplay que mostram algo que qualquer pessoa que conheça a Koei já esperaria: Um Hack 'N Slash com um mapa enorme onde acontece tal batalha da história, mais inimigos na tela do que você pode contar e você luta contra eles junto com seu exército e vai cumprindo os objetivos pra vencer a batalha.

Mas com alguns elementos de Zelda junto pra diferenciar de Dynasty Warriors, por exemplo a mira de Lock-On, os apetrechos que o Link pode usar como a Fire Rod, as bombas e se eu não me engano o bumerangue... Parece que cada personagem tem suas próprias coisas desse tipo já que eu vi a Zelda lutando usando uma espada e depois um arco-e-flecha. E esse jogo aparentemente vai ter até exploração no meio já que foi mostrado desde o início que vão ter baús por toda a parte dos mapas com itens.

O que eu sei é que com certeza eu vou jogar Hyrule Warriors de uma forma ou de outra, meu primo também quer pegar ele, então só vou me preparar pra quando eu for pegar isso pra jogar e potencialmente roubar o Wii U dele depois.


Agora sobre o novo Zelda... Sim. Eu também fiquei surpreso quando vi que ele tem uma arte bem diferente do que eu e todo mundo esperava, até porque eu imaginei que fosse ser algo tipo aquela tech demo que saiu lá em 2011... E levando em conta que ainda tem um monte de gente aí chorando por um novo Ocarina of Time, eu pensava que a Nintendo faria algo assim de novo.

Por bem ou por mal, eles não fizeram. Na verdade eu achei isso mais parecido com Wind Waker e Skyward Sword, como se fosse meio que uma mistura dos dois. O cell-shading do modelo do Link aí parece tão bom quanto o dos jogos do Naruto e os cenários pelas imagens são tão lindos que eu fiquei com vontade de sair daqui e morar num lugar desse tipo.

Ops... Peraí, me desculpe, de acordo com o Eiji Aonuma, esse cara que mostraram aí não é o Link e sim outro personagem. Deve ser o primeiro Zelda que eu vejo que não tem o Link como protagonista... E não, Zelda de CD-i não conta. Por falta de um nome melhor pra esse sujeito, vou chamar ele de Zelda em homenagem ao pessoal que ainda pensa que esse é o nome do Link.

Então, esse novo jogo parece bom, e de acordo com o que foi dito pelo Aonuma, vai ser um jogo com bastante exploração e cenários abertos, sendo possível explorar até as montanhas distantes que imaginamos que estejam só no Background. Um dos motivos de eu amar A Link to the Past é isso, esse jogo tem tanta coisa em cada canto do mapa que eu nunca me cansei de explorar e descobrir segredos nele... E nenhum Zelda em 3D que eu joguei até hoje conseguiu passar essa mesma sensação tão perfeitamente, esse no entanto tem potencial pra ser o jogo que eu tô procurando.

Como não tem muita coisa revelada ainda, eu só posso dizer que eu mal posso esperar pra controlar o Zelda e sair por aí explorando e interagindo com esses cenários gigantescos mostrados nas screenshots. Eu sei que muita gente achou isso uma merda porque esperavam outro Ocarina of Time e odiaram o visual desse novo por não ser tal coisa. Mas que se foda, fanboy de Ocarina of Time às vezes consegue ser mais chato do que torcedor fanático de futebol.

UPDATE: É o Link mesmo, eu só caí no conto do vigário do Aonuma.


Por último sobrou um outro jogo que me interessou que na verdade é um sucessor de um jogo do Wii que tinha me interessado antes, mas eu nunca tive a oportunidade de jogar. Me refiro à Xenoblade Chronicles, um JRPG do Wii que veio meio tarde e eu não pude pegar porque já tinha vendido meu Wii quando ele veio pra cá... Mas ele ganhou esse sucessor que agora foi revelado como Xenoblade Chronicles X pro Wii U.

Inicialmente, esse tá sendo o jogo mais bonito pro Wii U até agora, os gráficos dele parecem incríveis, os cenários são bastante detalhados e essa arte futurista com uns toques meio naturais me dá umas vibes de Final Fantasy, apesar de não ser exatamente igual. Até porque o jogo em si parece ser completamente diferente também apesar dos gameplays que saíram até agora terem sido em japonês, dá pra ver que tem um foco maior em mechas e tal.

Gostei do fato de que você cria seu personagem nesse jogo, normalmente isso aparece em RPGs ocidentais que te dão mais liberdade sobre esse tipo de coisa. Mas não sei bem o que comentar disso já que o cara que jogou não olhou muito isso e só escolheu umas opçõezinhas diferentes aí. No entanto, achei legal de qualquer forma.

Eu vi mais coisa do gameplay fora dos mechas, e pelo que eu entendi, o sistema de batalha é em tempo real e o seu personagem tem uma arma de fogo e uma branca e ele pode alternar entre elas no meio da luta, com cada uma causando um dano diferente e bem possivelmente cada uma sendo útil pra tipos de inimigos específicos, além de uns QTEs que devem fazer alguma coisa especial... Eu não sei porque o cara que tava jogando lá era ruim pra caralho e não acertou nenhum, mas ei, eles não te matam instantaneamente se você falhar igual certos jogos de ação escrotos por aí, então tudo bem.

Só não vi muita coisa dos mechas na apresentação, eu jurava que eles até teriam mais destaque igual em todas as outras vezes em que esse jogo apareceu. Talvez queriam dar a impressão de que o jogo não é só ficar voando por aí num mecha e que ainda tinha muita coisa pra se fazer a pé.

Sendo um JRPG, eu provavelmente vou jogar um dia ou outro, mas preciso jogar Xenoblade Chronicles e tirar essa mancha do meu currículo de video games [?] antes, e eu ainda o farei.

No fim das contas, a minha reação à E3 desse ano foi essa:


Não foi nada mal mesmo, eu até fiquei com um interesse maior em conseguir algum console da nova geração agora que saíram os gameplays dos jogos pra eles. Aliás, eu posso conseguir um PS4, um Xbox One ou um Wii U... Só tem uma única coisinha que me impede disso, uma coisinha pequena chamada "falta de dinheiro".

Bem... Eu consegui meu Xbox 360 em 2008 sendo que ele saiu lá em 2005-2006... Então se for levar por esse pensamento, eu vou conseguir algum desses novos só lá em 2017... Porra, vai demorar pra caralho! E se eu morrer antes mesmo desse dia chegar? E se o mundo acabar antes? E se video games por algum motivo forem extintos? E se... Bah, não vai acontecer nada que eu sei, só eu que vou conseguir um console novo bem mais tarde do que era pra eu conseguir.

Ser brasileiro é uma merda mesmo, eu sei...

{ 33 comentários }

  1. "We announced too many games.
    Now you gotta buy them all.
    So all aboard the HYPE TRAIN!"

    Vc assiste game grumps? PORRA CARA EU TE AMO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um "quadro" deles chamado Steam Train. O que eu fiz foi uma modificação da abertura.

      https://www.youtube.com/watch?v=aXtckXgwn4A

      Excluir
  2. Cara esse foi o melhor texto que eu li aqui faz um bom tempo, ri demais do começo ao fim.
    auhauehauehauheauehaeu

    Só faltou você ter falado mal do Sonic Boom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha... Eu vou sim fazer um post sobre Sonic Boom por aqui. Não é uma review porque eu não vou jogar, mas vai ser um post que eu tô aguardando a hora certa pra fazer.

      Excluir
    2. Já sei, você ta esperando o jogo sair e ser mal recebido pra fazer um post rindo da cara do povo que defendia

      Excluir
    3. Sim, eu tô esperando o jogo sair e ser previsivelmente mal recebido pela crítica por ser a bosta que é. Mas eu vou fazer um post falando por que ele merece essa recepção e por que eu e mais um monte de gente aí já odiava antes mesmo de sair.

      Eu tenho coisa pra falar desse jogo sem nem ter jogador, e parece tão ruim que eu realmente nem acho que eu precise jogar pra saber.

      Excluir
    4. Depois de ver Arkham Knight, AC: Unity, Zelda e etc, Sonic Boom mal merece minha atenção para ser xingado. O jogo ficou irrelevante a esse ponto pra mim.

      Excluir
    5. Eu só sei que vai ser mais um jogo merda do Sonic que eu não vou jogar porque não vou atrás de jogos ruins.

      Excluir
    6. Eu defendia Sonic Boom, o Ryu sabe disso porque eu já discuti com ele no Skype várias vezes por causa do assunto. Porém agora que eu vi o gameplay, não consigo mais ficar animado ou ter vontade de defender esse jogo porque eu sou forçado a admitir que parece ruim... muito ruim mesmo.

      Quando saiu aquele primeiro trailer, minhas impressões eram outras, eu pensava que o jogo ia ter gameplay igual o dos Adventures com uma pitada do Heroes. O Ryu tinha falado antes que não ia ser isso porque a BRB falou que o jogo ia ter foco em combate corpo-a-corpo, mas eu não pensei que ia ser um brawler genérico assim e que a maior parte do jogo se consistiria disso.

      Enfim, fiquei super decepcionado com o que vi até agora.

      Excluir
    7. eu defendia tambem, mas depois que vi o game play desse treco em ambas as versões, pensei, é... é melhor a sega jogar a toalha para o sonic e dar suas franquias principalmente Sonic para a Atlus, o que voces acham?

      Excluir
  3. Sério, eu estou adorando este novo Zelda Wii U, mesmo sem muitas informações. Fiquei encantado quando o Aonuma estalou os dedos e apareceu Hyrule naquela arte e definição. Eu estava esperando algo semelhante ao Twilight Princess, mas acabei me surpreendendo. A combinação entre o design visual de SS com a iluminação de WW elaboram um híbrido bem coeso, que envelhecerá artística e visualmente bem. Eu sempre defendi a premissa da franquia em não se comprometer ao tradicional quando se trata de valores artísticos, sempre oferecendo uma experiência atmosférica diferente para diferentes tipos de jogador mas providenciando a jogabilidade base para manter a franquia nos trilhos.

    A ideia de explorar todo aquele mundo e escolher a ordem da jornada em favor do senso de aventura e exploração do jogador, e não da história do jogo, é ótima e me deixou bem ansioso. Escolher a ordem é um bom exemplo de como adicionar um bom apelo replay, estimulando distintos tipo de desafio de acordo com a sua condição e progresso no presente momento. Eu espero que tornem esse mundo ainda mais vivo com os NPCs; dar a eles diálogos interessantes, importância para side-quests relevantes, personalidade e, enfim, um propósito para estarem ali.

    Só uma correção, cara. Aonuma não disse que aquele sujeito não é o Link, ele disse que não contestaram que aquele, de fato, é o Link. Aonuma tem um histórico de provocações com os fãs da série já algum tempo, exemplo disso é quando ele respondeu "Play the game and you'll find out!" quando perguntaram sobre um remake de Majora's Mask numa entrevista sobre A Link Between Worlds. Tendo isso em vista, eu acho que aquele é o Link mesmo. Mas enfim, posso estar errado.

    Agora, falando sobre a E3 em geral, eu gostei dos anunciamentos. Mortal Kombat X, Assassin's Creed: Unity, Rise of the Tomb Raider (título estúpido, mas ok) e outros me parecem interessantes o bastante para comprar caso eu tenha um PS4, mas é o Arkham Knight é o jogo que está me fazendo querer comprar um PS4. O jogo parece ainda melhor que o City, coisa que eu nem pensava muito sobre na época em que ele foi lançado, mas acho já falei demais devido ao meu hype pelo Zelda.

    Enfim, 2015 parece que vai ser um bom ano para jogos de relevância. Embora eu esteja desapontado pela adiamento do Arkham Knight, é mais um motivo para ficar ansioso pelo próximo ano. No fim das contas, eu fiquei bem satisfeito com as apresentações. Não foi algo tão excepcionalmente bombástico, mas não foi aquela chatice do ano passado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até eu tava esperando algo semelhante pelo menos ao Ocarina já que todo mundo tá querendo e a tech demo meio que indicava algo assim. Quando eu vi aquilo aparecendo atrás do Aonuma eu pensei "Wow, e eu aqui esperando gráficos realísticos.", fiquei reparando no quanto aquele cenário era absurdamente aberto e pensei que esse poderia ser o Zelda "ideal" pra mim. Daí eu vou pro Facebook e vejo um monte de gente chorando porque não é um novo Ocarina of Time e "não usa direito" o poder gráfico do Wii U.

      Se esse jogo tiver a exploração do A Link to the Past e os NPCs do Majora's Mask, pra mim já é o melhor jogo da série, tem muita coisa que eles podem fazer com isso. E agora eu lembrei também que eu tinha um certo medo do jogo ser linear e ficar segurando a sua mão toda hora que nem Skyward Sword, mas pelo visto o que eles querem fazer é exatamente o contrário disso.

      E... Eu sei, mas é meio estranho que ele fale assim que "ninguém disse" que esse personagem é o Link, a menos que ele esteja fazendo alguma brincadeira com o fato de que você que dá nome pra ele sempre nos jogos da série. Mas por agora é melhor esperar e ver o que é isso afinal de contas, não veria problema se realmente não fosse o Link.

      Os títulos que me interessaram foram praticamente os mesmos que você citou aí, mas o do Batman foi sem dúvidas o melhor da E3. Não sei nem como o pessoal da WB não sente vergonha na cara tendo dado pro público uma bosta quebrada como Arkham Origins enquanto a Rocksteady tava preparando isso. Se eu for comprar um console da nova geração no (distante) futuro, esse vai certamente ser um dos primeiros jogos que eu vou querer jogar, até reassisti o gameplay de novo.

      Tomara que em 2015 mostrem os outros apetrechos do Batman, o que mais eles adicionaram no combate e essas coisas que ficaram de fora esse ano, mal posso esperar.

      Excluir
    2. Pelo que tenho visto até agora, a maioria ficou bem agradada pelo como o jogo aparenta. Mas eu não entendo por que alguém anseia tanto por um Zelda realístico quando tem Hyrule Warriors para suprir isso, e que este estilo de arte é algo mais memorável. Parece que não gostam de cores, sei lá.

      Eu não sou contra a um Zelda realístico, mas os que fizeram não parecem bons atualmente como parecem em suas respectivas épocas. Ocarina of Time do N64 parece ruim demais, Twilght Princess já parece gráfica e artisticamente obsoleto e até mesmo a tech demo não parece tão impressionante como foi há dois anos. São coisas que precisam ser atualizadas a certo ponto, e acabam caindo num ciclo vicioso.

      Valores artísticos como este do Zelda Wii U são tão bem-vindos pois, enquanto podem ser vítimas dos padrões gráfico-técnicos conforme o tempo, a arte prevalece. Afinal, esta é o aspecto que importa; a premissa visual do jogo e como ele a executa. Wind Waker é um bom argumento disso, hoje ainda mantém seu charme e envelheceu melhor nesse departamento do que TP. E sobre o personagem, o Aonuma confirmou: é o Link. Ele só estava provocando mesmo.

      Agora a respeito do Batman: está incrível mesmo. Eu concordo com você, foi o ponto mais da E3. Valeu a pena esperar toda aquela conferência preenchida de teasers compostos apenas por CG da Sony para conferir como o jogo é em tempo real, e não é desapontar. Parece mais dinâmico e íntegro ao City, porém sem desmerecê-lo.

      É bom que o Batman plana mais rápido e consegue alcançar boas altitudes sem recorrer ao "mergulho", isso tornava o transporte de um lugar para o outro meio repetitiva e monótoma (principalmente no Origins). O Bat-Móvel parece bem interessante, cheio de funções além de um mero meio de transporte. O combate me pareceu estranho com tudo congelando quando o Batman vai atingir um capanga após o outro, mas enfim. Eu acho que a Rocksteady deve ter um bom motivo para isso.

      Só me dá receio de a WB Games pegar carona nesse jogo para promover outro spin-off que não acrescente merda nenhuma para a franquia, vamos torcer que não.

      Excluir
  4. "Então, apesar de tudo, a única coisa que sabíamos sobre Far Cry 4 é que o vilão vai ser o filho do Clodovil com o Skrillex."

    KSÇDLAS~DSJD~ÇLAKSDAÇLSDAÇLSJDÇLAKSDÇ~JAS~DLKASDJ MDS

    ResponderExcluir
  5. pior q o trevor é bem o tipo de cara q se vestiria de batman e sairia por ai na cidade mesmo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Mortal Kombat X vai ser o Soul Calibur 5 da série em quesitos de roster, pelo visto. O que seria ótimo, porque é a prova cabal de que os caras que fazem Mortal Kombat enfim entenderam que quando mata, é pra morrer mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito de seu post. Mas, só por curiosidade, vc viu o anúncio do Bayonetta 2 e Devil's Third?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bayonetta 2 eu vi que vai ter até o primeiro dentro, só não pegou muito minha atenção mesmo. Já Devil's Third eu acho que perdi, procurei um trailer dele agora e só o fato de parecer Ninja Gaiden com armas e ter o Itagaki aí já me faz querer jogar.

      Excluir
    2. E o irônico do Devil's Third é que era para sair para o PS3 e Xbox 360 e depois foi virou exclusivo do Wii U.

      Excluir
  8. Melhor resumo da E3 ever ahuahauhauhau

    ResponderExcluir
  9. wtf speak english you dumb fuck

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. What the fuck did you just fucking say about me, you little bitch? I’ll have you know I graduated top of my class in the Navy Seals, and I’ve been involved in numerous secret raids on Al-Quaeda, and I have over 300 confirmed kills. I am trained in gorilla warfare and I’m the top sniper in the entire US armed forces. You are nothing to me but just another target. I will wipe you the fuck out with precision the likes of which has never been seen before on this Earth, mark my fucking words. You think you can get away with saying that shit to me over the Internet? Think again, fucker. As we speak I am contacting my secret network of spies across the USA and your IP is being traced right now so you better prepare for the storm, maggot. The storm that wipes out the pathetic little thing you call your life. You’re fucking dead, kid. I can be anywhere, anytime, and I can kill you in over seven hundred ways, and that’s just with my bare hands. Not only am I extensively trained in unarmed combat, but I have access to the entire arsenal of the United States Marine Corps and I will use it to its full extent to wipe your miserable ass off the face of the continent, you little shit. If only you could have known what unholy retribution your little “clever” comment was about to bring down upon you, maybe you would have held your fucking tongue. But you couldn’t, you didn’t, and now you’re paying the price, you goddamn idiot. I will shit fury all over you and you will drown in it. You’re fucking dead, kiddo.

      Excluir
  10. Aonuma não disse que esse daí não é o Link,ele disse que ele PODE não ser o Link.

    ResponderExcluir
  11. Esse Batman parece muito foda mesmo, necessito jogar.

    ResponderExcluir
  12. Morri com a parte do Batman Trevor. UEHAUEHAUEHAUEHAUHEUAHEUAE

    ResponderExcluir
  13. Já rodei o Rule34 inteiro e não achei nada a respeito. Talvez a regra não se aplique tão rápido assim... E isso me lembrou o hoax do fóssil de humano com inseto... huehuehue

    ResponderExcluir
  14. Eu queria que o Hyrule Warriors tivesse essa dublagem
    https://www.youtube.com/watch?v=rFA08BJUtPo

    ResponderExcluir
  15. EI PESSOAL O UAIPE TRAIN MI LEMBRO DO MEU TIO GOSTOSÃO QUE SE LAMBUZA NO PIRULITÃO QUEM QUER CHUPAR ELE A BRANCA DE NEVE QUER PUQUE O MAGA MEIN É UM JOGO DI MACHO QUE NEM O COCAINA OF TIME E MINHA MÃE TRANSOU AO JOGAR ELE NAS DANÇA DU DESSE DESSE REVOLUTIOM QUI SÃO VIDA LOKA QUI NEM US FUNKEIRO DA FASE 13 ANTES DO CHEFÃO DI FANTASIA FINAL 2 JOGO LEGAL PREFIRO DUNKEY KONGA CUNTRA 4 QUI AUMENTA MINHA DOR DI BARRIGA AO INFINITO HUHEUHEUHEUEHUEHUEH,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara vc não é engraçado

      Excluir
  16. E imaginar que o Assassin's Creed Rouge(PS3,XBOX360) pode ser o mesmo caso do Arkham Origins um jogo completamente reciclado.E o AC Unity é o que pode trazer algo realmente novo e aperfeiçoado como o Batman Arkham Knight pode( e provavelmente será).
    Concluindo, parece que estão pouco lixando com a geração anterior e realmente valorizando a nova Geração.
    OBS: É SÓ o que estou suspeitando.

    ResponderExcluir

- Copyright © Blog do Ryu - Date A Live - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -