Posts Populares:

Postado por: Ryu segunda-feira, 5 de maio de 2014

Why is my objection overruled?

Olá, meus fofoletes! Como vão suas vidas sedentárias? Faz um bom tempo que eu não posto um texto fora dessa "categoria" de reviews, Top X e etc, não é mesmo? É, eu sei, na verdade faz tempo que eu não posto aqui com muita frequência, porém essa está sendo uma daquelas vezes em que eu vejo algum assunto aleatório que não se trata bem dos jogos em si mas sim de algo relacionado a eles... Ou melhor, se trata deles também, mas não são o foco principal dessa vez.

Primeiramente, eu gostaria de mostrar uma coisa que foi totalmente inesperada pra mim, porém aconteceu: O meu artigo de piores sequências de video games acabou sendo pego daqui e trazido até o site da Tribo Gamer com algumas alterações pequenas... E eu não esperava isso, nem fazia ideia de que estava acontecendo até me falarem no ask.fm que "roubaram" meu texto, porém eu vi lá que tava creditado e tals, então tudo bem pra mim desde que os créditos estejam lá, sem tretas e nem intrigas por roubo ou o que for. E pra falar a verdade, essa nem é a primeira vez que algo assim acontece, porém é a primeira que chama minha atenção.

Porém algo que me deixou curioso é que nos comentários houveram críticas, e todo mundo sabe que eu sou totalmente aberto à críticas, as que são somente besteiras eu apenas rio e tiro onda e depois largo de lado e as que são construtivas eu escuto e tento melhorar quando concordo com tal... E assim foi sendo todas as vezes em que algum artigo deste recinto foi parar em outros cantos da internet, então tudo bem certo?

Na verdade... Não, porque se estivesse tudo certo, eu nem estaria fazendo este post pra início de conversa, mas ok. Eu vou quotar alguns dos comentários que mais me chamaram atenção, leia-os bem pra depois prosseguir no texto:

Concordo bem pouco com essa matéria ai...me parece bem pessoal essa análise.
Duke Nuke e FFXIII pra mim foram os que ficaram ruim mesmo, mas jogaveis.
RE6 teve idéias ótimas, porém não gostei do lance de Zumbi atirando. O resto gostei muito!
Com certeza todos esses games refletem unica e exclusivamente a SUA lista pessoal de piores sequencias.
Por isso esta longe de ser universalmente as verdadeiras piores sequencias da historia dos games, fora isso seu ódio, frustração e rancor pessoal transbordam visivelmente durante toda a matéria com varias tentativas de justificar a mesma através argumentos que não convencem. Justificam sim, seu desprezo particular, mas não são o suficiente para realmente valer o titulo da matéria, pois a minha lista é bem outra e aposto que a de muitos outros, tirando um ou outro game também não batem com a sua.
Hater, deixou sua opinião pessoal e abandonou totalmente a imparcialidade merecida na análise dos títulos, da pra ouvir de longe o mimimi do cara.
antes de críticar alguma coisa amigo,procure argumentos bons que não se baseiam somente em sua opinião e saiba estrutura-los, assim terá um bom artigo. boa noite e até..
Quem não gostou do Duke Nukem Forever é pq não jogou o anterior ou os feitos pra console (como o Time To Kill pro PS1). O jogo é perfeito, fez jus aos anteriores, no novel de violência, zoação e putaria, só o que matou foi o grafico do jogo, afinal o jogo tem praticamente 12 anos de construção... Mas fazer o que se a unica coisa que importa são os graficos né... Uma matéria feita por um hater cheio de mimimi no coração que tinha que descontar em algo e em algum lugar 

... Ok, esse último comentário não tem nada demais, eu só botei aí porque foi alguém que se referiu a Duke Nukem Forever como "perfeito" e acha que as pessoas criticaram o jogo só por causa dos gráficos.


HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA! SÉRIO, OLHEM PRA ELE! PODEM OLHAR PRA ESSE INDIVÍDUO E RIR QUE EU DEIXO!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA DUKE NUKEM FOREVER PERFEITO HAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!

HAHA!

Hah...

Ok, agora falando sério, repare que todos esses comentários no geral basicamente são a mesma crítica: Que essa lista é composta de opiniões pessoais minhas e como eu pessoalmente me sinto sobre os jogos em questão... O que é verdade, porém eu nunca deixei de justificar isso, mesmo que não seja de uma forma que te agrade, eu posso explicar até desenhando o porquê de Sonic 4: Episode I, Final Fantasy XIII, Duke Nukem Forever, Megaman X7, Devil May Cry 2 e outros aí serem um monte de lixo e merecerem o ódio que recebem tanto de mim quanto de várias outras pessoas aí.

Só que as pessoas dos comentários em questão tendem a invalidar isso por outra coisa que também está nessa crítica: Imparcialidade, ou a falta dela. Isso é apenas outra forma de falar que é tudo pessoal e que eu não falei dos jogos de uma forma muito profissional, no caso falando dos mesmos como se estivesse dando alguma notícia ou coisa do tipo.

E realmente não é "imparcial" e nem profissional, porque eu não tenho a intenção de falar "profissionalmente" de nenhum jogo neste blog, não sei se é porque os posts da Tribo Gamer em questão são diferentes do que se vê por aqui e são mais pra esse lado "profissional" enquanto o meu pareceu fora de lugar por lá, porém quem critica por isso já está completamente errando o ponto... Não que estejam certos também, eu até ia criar uma conta lá pra responder os comentários que eu achei que poderiam ser respondidos e tal, mas culpem o cara do Duke Nukem aí por ter me feito desanimar.

Mas peraí... Vamos nos perguntar agora: O que é um post "imparcial" ou "profissional" sobre um ou vários jogos? Ou melhor: O que é uma análise de um jogo?

Analisando um jogo, você está falando dele e mostrando o que o mesmo tem de bom e de ruim na sua opinião, certo? Porém ter uma opinião de acordo com a lógica de jogadores brasileiros é errado porque você não está sendo parcial no seu texto... E é aí que eu vejo como essa lógica é bem falha, mas vou mostrar cada um dos pontos que tenho contra ela.


Uma coisa que eu reparei é que várias matérias da Tribo Gamer sobre "piores" coisas em jogos, assim como a minha, não têm muita aprovação por lá. Isso acontece porque normalmente jogadores brasileiros... Ou melhor brasileiros no geral têm essa repulsa a qualquer coisa negativa porque a noção que eles têm de entretenimento é no mínimo bizarra: O mundo do entretenimento é inteiramente uma área segura onde tudo é incrível, lindo, divertido, aproveitável e isento de críticas.

Sim, é isso mesmo, tanto na internet quanto na vida real eu já falei mal de muita coisa, jogos, bandas, filmes, seriados, etc... E a maioria das pessoas sempre batiam nessa mesma tecla que os comentaristas da Tribo Gamer bateram: "Isso é sua opinião!" "Mas tem gente que gosta." "Quanto haterismo!"

Em primeiro lugar... É claro que é minha opinião, seu animal! Eu tô postando uma coisa no meu blog pessoal, então vai ser algo do meu ponto de vista obviamente, eu só não acho que eu tenha que tratar meus leitores como retardados e colocar "na minha opinião" antes e depois de qualquer coisa que eu falo... Até porque você não é retardado... É? Eu espero que não.

E em segundo lugar, eu odeio quebrar o seu mundinho mágico onde tudo é perfeito, mas... Não existe uma análise ou crítica de algo sem alguma opinião pessoal e tampouco existe alguma diferença considerável entre crítica e opinião. O que existe são opiniões sem base e mal elaboradas e opiniões concretas, e você pode me mostrar qualquer análise "robótica" de algum site brasileiro profissional de jogos por aí, sempre vai ter alguma opinião porque a crítica é a visão pessoal dessa pessoa sobre tal jogo/filme/etc.

Resumindo: Se houvesse realmente alguma forma "imparcial" de analisar tal jogo, todas as críticas existentes seriam a mesma coisa, com as mesmas palavras e dando as mesmas notas no final. E críticas no geral são assim? Pode apostar seu rabo que não, até porque se fossem, tudo seria extremamente sem graça e seria inútil ler várias críticas diferentes já que é tudo a mesma coisa.

O mero ato de você definir alguma coisa como "boa" na sua crítica "imparcial" já mostra que isso é sua opinião, porque por exemplo... Eu não sou muito fã das trilhas sonoras que surgem nos jogos de Dynasty Warriors por achar que aquele rock não combina com a ambientação dos jogos e nem são lá tão memoráveis assim, mas ao mesmo tempo outro cara vai dizer que a OST é boa e combina perfeitamente com o estilo do jogo, assim criando... Oh! Opiniões diferentes!!! Porém nenhuma das duas análises são invalidadas só porque são opiniões diferentes, certo? Se ambas falam decentemente sobre o jogo, apresentam opiniões bem articuladas sobre o porque de gostarem disso e desgostarem daquilo, são análises perfeitamente boas pra mim.

Entendeu por que esse argumento de "é sua opinião" e derivados é coisa de gente burra ou ignorante que não tem capacidade de defender o joguinho favorito delas que tá sendo criticado e precisa falar algo tão óbvio? Desculpa se você normalmente comenta esse tipo de coisa e leu isso, mas é o que eu acho de gente assim, e eu nem quero que você leia o meu blog se você realmente fazia isso e pretende continuar fazendo, não apelo pra gente "sensível" a opiniões contrárias que dá "argumentos" assim e nem faço questão de apelar. Toma vergonha nessa cara e aprenda a discutir igual homem, porra!

Mas não acaba por aqui, eu tenho outro ponto a levantar...


Quem diabos disse que textos sobre jogos ou qualquer coisa precisam ser didáticos e politicamente corretos pra ter credibilidade? Porque uma das coisas que eu mais vejo gente criticando é o "vocabulário" que eu uso por aqui porque é mais coloquial, e eu já vi gente falando mal pelo mesmo motivo do Lugar de Nerd e até mesmo do Blog do Amer no qual eu me inspirei pra começar essa bagaça aqui.

Realmente, meu estilo de postagem ou dos outros blogs mencionados é diferente do que você vê nas críticas "profissionais" dos sites de jogos brasileiros porque boa parte das críticas assim são "robóticas" no sentido de procurar "falar bonito" enquanto fala de tal jogo e muitas vezes até não sendo muito convincente em provar a qualidade ou a falta dela em um jogo por ser meio vago em alguns pontos... Mas vocês sabiam que textos de jogos não precisam ser assim pra serem profissionais ou whatever? Pois é, chocante, não?

Você que acompanha sites de jogos lá de fora, você deve conhecer os seguintes nomes: Jim Sterling e Ben "Yahtzee" Croshaw.

Pra quem não conhece, Jim Sterling é um reviewer de jogos que ficou popular na época em que postou no Destructoid por suas análises serem mais "agressivas" do que as de reviewers usuais que trabalham profissionalmente com isso. E o Yahtzee é um reviewer de jogos que trabalha pra revista The Escapist e tem um show chamado Zero Punctuation onde ele faz reviews de jogos e apresenta um estilo bem diferente de análises com um humor bem mais "ácido" que o normal.

Qual é a semelhança entre os dois? Ambos se destacam no que fazem porque ao mesmo tempo que são bons críticos de jogos (na maior parte), eles são diferentes da maioria dos outro. As análises deles têm identidade própria e quase sempre são divertidas de ler/assistir graças à isso, o humor característico junto com críticas bem informativas e elaboradas foi o que os tornou populares com gamers na internet, mais especificamente gringos e brasileiros que saibam inglês.

Eu vou usar como exemplo o que o Yahtzee disse na sua review sobre Metal Gear Solid V: Ground Zeroes que saiu há pouco tempo:

The Metal Gear series is the video game equivalent of Lennie from Of Mice and Men: A huge lovable idiot, who discovers things that ordinary people figured out years ago, like hovering the third person camera over the player character instead of nailing it to passing seagulls and we applaud it for overcoming its disadvantages and when it fucks up I can’t stay mad at it because it doesn’t fuck up out of malice.

Pois é, o que ele fez foi dizer que Metal Gear Solid é uma série que conquistou tanto amor das pessoas que mesmo acontecendo do Kojima fazer alguma besteira como isso de vender uma demo a preço de jogo full... As pessoas o perdoam porque gostam tanto de Metal Gear Solid que não ficam nervosas por muito tempo e rapidamente o perdoam, e eu não conheço muito bem a série ainda (só terminei o primeiro jogo recentemente), porém de acordo com ele e com o próprio Amer que fez um post no Facebook sobre o assunto: Metal Gear Solid é uma série cheia de violência e sexismo gratuitos e que ninguém dá muita bronca lá na Konami porque talvez o Kojima tenha tanta influência lá que ninguém tem coragem... E o público não critica muito também porque novamente a comparação com Lennie que o Yahtzee fez

Se alguém dissesse isso em um site de jogos brasileiros, provavelmente choveriam comentários como os quotados no começo do post pra cima do cara: "AIN MAS ISSO É SUA OPINIÃO" "VOCÊ TÁ OLHANDO ISSO DE UM LADO PESSOAL" "CADÊ A IMPARCIALIDADE HEIN?". E assim desmereceriam tudo o que ele disse porque ele não concorda com a visão da crítica no geral de que Metal Gear Solid é uma série perfeita e todo mundo é obrigado a adorá-la incondicionalmente sem questionar nada.

E ponham em suas cabeças: Não é porque a crítica considera algo uma obra de arte ou o pior jogo do mundo que você seja obrigado a concordar, é só não ser retardado enquanto dá a sua própria opinião... E olha que eu nem ao menos concordo com tudo o que o Yahtzee diz nos vídeos dele, algumas reviews que ele fez sobre jogos como Metal Gear Rising ou The Walking Dead: Survival Instinct estão lá e eu não concordo com quase nada do que ele diz... Mas não é porque ele pensa diferente da crítica ou não é imparcial e nem nada do tipo e sim porque eu só não concordo por vários motivos que eu poderia mostrar aqui e argumentar, mas não é esse o ponto do post.

Agora vejamos um quote de uma review do Jim Sterling... Pra ser mais preciso, o final da review dele de Final Fantasy XIII:

It takes more than graphics to make a game, and Final Fantasy XIII offers very little else other than eye candy. Ultimately, this latest addition to the Final Fantasy series is a pompous and masturbatory affair, created seemingly to promote the developer's ego first, and the player's enjoyment second. Every now and then its fights can approach satisfying, but mostly this is a dull, dreary affair that is too busy licking its own arse to look up and notice that everybody around it has fallen asleep. Written with all the skill of a three-year-old and paced with the eagerness of a virgin in heat, Final Fantasy XIII isn't just bad by Final Fantasy standards, it's pretty damn poor for the genre itself. 

Vê como é o modo dele de falar? Ele diz que Final Fantasy XIII é algo "pomposo e masturbatório" que foi criado aparentemente em primeiro lugar pra promover o ego da Square Enix e em segundo lugar pra divertir quem está jogando, e o jogo parece que sempre está ocupado lambendo a própria bunda pra reparar que todo mundo ao seu redor já dormiu... Isso é basicamente a definição mais precisa que eu já vi de Final Fantasy XIII até hoje, o jogo é puramente eye-candy e não oferece nada além de gráficos bonitos, pecando em quase todos os outros aspectos existentes como um jogo.

Mas não se preocupe, ele justifica tudo e isso é apenas o final da review, ele explica tudo isso no texto anterior com a mesma linguagem e o mesmo modo de falar... Porém aqui ele também seria rejeitado porque a crítica profissional de certo modo elogiou Final Fantasy XIII na época em que lançou mesmo que seja apenas pelo hype do jogo na época e não concordar com esse pensamento automaticamente te torna errado, não importa o quão bem você explique o seu ponto e mostre detalhadamente como o jogo falha em quase tudo o que não se trate de gráficos.

E assim como o Yahtzee, eu gosto do Jim, porém também não concordo com tudo o que ele diz... Eu discordo até totalmente das reviews dele do jogo do Deadpool, Sonic 4: Episode I e II, a famosa review negativa dele de Assassin's Creed II e provavelmente existem outros que não me vêm na cabeça agora... Só que assim como com o Yahtzee, eu não discordo dessas reviews só porque elas não refletem a minha opinião e sim por vários outros motivos que levariam a outra discussão.

E pra falar a verdade, eles não são os únicos, outros reviewers gringos como o Angry Joe, o Spoony ou até mesmo alguns que nem são profissionais como o SomecallmeJohnny têm uma pegada mais descontraída falando de jogos da sua própria forma e informando ao mesmo tempo que entretendo quem lê/assiste as reviews deles. E até mesmo os reviewers de sites como IGN e GameSpot não são tão robóticos como os que os brasileiros têm em mente como modelo de bom crítico, e nenhum dos citados estão errados em agir das suas formas porque o conceito de uma crítica é meramente a sua visão sobre tal coisa, você não tem que se prender a nenhum padrão e nem nada disso, e eles se destacam mais justamente porque discordam totalmente desse tipo de pensamento de que uma crítica tem que seguir algum padrão e ser "imparcial" pra ser válida.


Antes que alguém distorça minhas palavras porque sempre tem algum mongol que faz isso... Não, eu não estou desmerecendo os críticos profissionais de sites de jogos brasileiros, só estou mostrando como o jornalismo de video games daqui é limitado e ainda tem muita coisa a evoluir pra poder chegar no nível do que se tem lá fora, e que por mais que você martele isso da imparcialidade até hoje... Não existe crítica totalmente imparcial e sem nenhuma opinião, apenas não existe e se existir, pode ter certeza que vai ter pouca diferença entre essa crítica e um artigo da Wikipédia sobre o jogo.

E sério, pare de achar que alguma pessoa que pense diferente de você está automaticamente errada só por pensar diferente, é completamente retardado quando alguém chega e fala "ain fulano coloco tal jogo nessa listinha de piores jogos, num pode coloca tal jogo de tal série pq aí perde credibilidade". Até mesmo pra mim se uma pessoa colocar Final Fantasy Tactics numa lista de "piores jogos" de tal coisa, eu aceito se a motivação pra isso parecer convincente e tiver alguma base, eu mesmo sei quais são os pontos negativos desse jogo que é o meu favorito de todos e vou citá-los na minha review quando terminá-la.

O ponto desse post é que você pode sim discordar de mim ou de qualquer outra pessoa, mas não o faça com esse pensamento porque eu nem sequer vou me importar em me dar ao trabalho de responder seu comentário, vou fingir que ele não existe e responder outro que seja mais interessante, se você discorda ou concorda, argumente e seja construtivo.

Gente que pensa assim e fica com o cu ardido por qualquer pessoa se expressar de modo diferente e ter uma opinião diferente dele/a ou da crítica no geral não só é ignorante como atrapalha o próprio jornalismo de video games do Brasil de evoluir. Porque não adianta você mesmo se inspirar no Jim Sterling ou no Yahtzee e começar a trabalhar profissionalmente como eles em algum site de jogos se as pessoas vão te rejeitar por você não ter as mesmas opiniões que elas e vão assumir que você joga Call of Duty e que você não gosta de Duke Nukem Forever só por causa dos gráficos, mesmo você nunca tendo dito isso em momento algum.

Enfim... Novamente, se você age assim e lê esse blog, apenas pare com isso, eu te acho um idiota por ter esse pensamento e se você não for mudar e ainda continuar com essas mesmas falácias aqui ou em qualquer outro site... Então tchau, não precisa ficar lendo o que eu posto aqui e eu nem faço questão de te ter como parte do meu "público" também. Agora se você é esperto/a o suficiente pra entender o que eu quis dizer, por ventura agia dessa forma e vê agora como isso é idiota... Ótimo, eu fico feliz e espero que eu atraia mais pessoas como você, porque eu gosto de discutir com pessoas que têm opiniões diferentes e não sejam completamente retardadas.

Agora já chega, eu já disse o que tinha que dizer e qualquer coisa adicional aqui seria puro "filler", então apenas pensem bem nisso e tenham uma boa... Madrugada... Eu acho.

Bah, vão a merda! Até parece que sou só eu que tô online à essa hora!

{ 45 comentários }

  1. Não vi que tinha os créditos lá, desculpa por te falar que roubaram.

    E eu acho que pessoas de fora também tem aversão a críticas negativas, só que não é tanto como os BR. Quando o Zelda Skyward Sword lançou, você não podia falar um A negativo dele que todo mundo avançava pra cima de ti, desde quando lançou eu achei esse jogo fraco e quando falava os motivos, as pessoas não perdiam tempo em falar que eu sou hater frustrado ou sla, e teve aquela análise da Gamespot que deu nota 7 pro jogo e todo mundo meteu pau também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, isso acontece de vez em quando lá fora também, mas não é com a mesma frequência e nem com qualquer coisinha como por aqui.

      Excluir
    2. O Yahtzee também foi criticado porque não gostou muito do Sonic Generations.

      Excluir
    3. Isso acontece, mas normalmente lá fora acontece com bons motivos, por exemplo o cara lá que eu não lembro de qual era o site, mas ele tirou pontos de GTA V porque não tinha nenhuma personagem feminina forte ou algo assim... Isso é um motivo estúpido e ele nem devia esperar isso de GTA já que a série nunca teve algo assim, claro que um monte de gente não vai gostar disso.

      Excluir
  2. ISSO É TUDO SUA OPINIÃO PESSOAL

    ResponderExcluir
  3. Olha esse Ryu zuando o cara só porque gosta do DNF.
    EUHAUHEAUEHAUHEAUHEAEUHEAEAUEAHEUAEHEAU

    ResponderExcluir
  4. Sinceramente Ryu, eu resisto em levar a sério qualquer pessoa que defenda DNF, se dependesse de mim esse post nem existiria porque eu não levaria essa gente em conta pra nada.

    Eu ainda olhei os outros comentários lá e tem merda pra todo lado, ia ficar melhor se você continuasse sem saber da existência desse post da tribogamer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade o post eu só quis fazer porque não tá sendo a primeira vez que eu vejo esse tipo de gente na internet.

      Excluir
  5. Não ia ser um pouco redundante se você tivesse que ficar falando que tudo é sua opinião?

    ResponderExcluir
  6. Imparcialidade de cu é rola, já me linkaram uns reviews que eles julgam ser imparciais e também são cheios de opiniões pessoais dos autores, e era sem graça de ler porque tentavam ser imparciais e os textos eram genéricos.

    E eu acho que os caras la dos comentários não entenderam que aquilo era uma lista e não uma análise de cada jogo mostrado, nessas listas é comum alguém falar o porque de gostar ou não gostar de algum jogo resumidamente pra não ficar longo demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque, como eu disse, "crítica" e "opinião" são essencialmente parte uma da outra e sempre vão trabalhar juntas no fim das contas.

      E... Sim, eu não tava analisando profundamente os jogos citados e sim resumindo pra poder caber tudo numa lista, mas você estaria superestimando a inteligência do pessoal lá se disser que eles perceberiam isso.

      Excluir
  7. "a minha lista é bem outra e aposto que a de muitos outros, tirando um ou outro game também não batem com a sua"

    Eu não acreditei que esse comentário realmente estava lá, então fiz questão de olhar e acabei achando... cara, que idiota.

    Assim como a sua lista seria diferente, a minha seria diferente da sua assim como as de outras pessoas seriam diferentes da minha e umas das outas. A não ser que esse cara aí queira que todo mundo concorde com ele né, aí seria hipocrisia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MINHA LISTA DE PIORES SEQUENCIAS

      10. Mega Man 5
      9. Mario Bros 2
      8. Dragon Age 2
      7. Resident Evil 6
      6. Banjo-Kazooie Nuts and Bolts
      5. Epic Mickey 2
      4. Castlevania 2
      3. Duke Nukem Forever
      2. Driv3r
      1. Perfect Dark Zero

      Só tem alguns jogos em comum com a do Ryu, mas isso pq eu sei que eu n penso exatamente igual ele e nem ele pensa igual eu, eu acho Perfect Dark Zero e Driv3r pior q DNF e ele nem sequer os citou pq talvez n tenha jogado ou n lembre ou seja la pq for o motivo.

      Eu parei de ler os comentarios la pq era muita inclusão.

      Excluir
  8. vc é um chupa rola de gringo isso sim


    brinks Ryu eu te amo <3

    ResponderExcluir
  9. Vou ser o primeiro a admitir...

    Eu falava "isso é só sua opinião" quase sempre que alguém criticava o que eu gosto e isso sempre servia como uma maneira de colocar o crítico no lugar dele e evitar discussões. Mas depois de ler isso eu acho que enxerguei como é besta falar tanto isso quando a pessoa que critica ter que explicar que é opinião dela mesmo que seja óbvio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu falava isso umas vezes tbm. hueuheuheuheuehue

      Excluir
    2. Só eu acho que fora da internet uma briga assim seria idiota? Tipo:

      Cara 1: Aff, esse jogo é uma porcaria, eu não gostei
      Cara 2: É, MAS ISSO É SUA OPINIÃO!
      Cara 1: ...?

      Excluir
  10. Na nintendoblast tb é cheio dos retardado que chama de hater por qualquer coisinha, brasileiro é cancer em tudo

    ResponderExcluir
  11. É foda clicar e ver gente que não sabe que o Duke Nukem Forever é uma sequência, era uma continuação do Duke Nukem 3D desde o início do desenvolvimento...

    "Duke Nukem Forever is a 2011 first-person shooter video game for Microsoft Windows, OS X, PlayStation 3 and Xbox 360 developed by 3D Realms and Triptych Games and finished by Gearbox Software and Piranha Games. It is a sequel to the 1996 game Duke Nukem 3D, as part of the long-running Duke Nukem video game series."

    ResponderExcluir
  12. "Sobre o castlevania 2, o cara analisando um jogo dos anos 80, e falando como se fosse um jogo lançado hj LOL.
    Eu joguei esse jogo bem atrazado, la pelos anos 90 (Sou velhinho heheh nasci em 88)... Mas pode perguntar pra todos q jogaram esse jogo no lançamento q ele vão falar q o jogo foi incrivel pra epoca. Inovador e desafiador, e nao tinha nada parecido na epoca. Desse jogo surgio o termo "Metroidvania"

    O cara deve ter no maximo uns 20 anos, pra poder postar uma besteira dessas."

    É gente, pq analisar esse Castlevania como se fosse um jogo dos anos 80 com certeza faz os problemas de ficar perdido e NPCs inuteis sumir totalmente e o torna um jogo bom.

    E o termo "metroidvania" veio desse? Tá sabendo legal heim, foi com o SOTN que começaram a comparar Castlevania com Metroid, o 2 n tem nada a ver, nadica mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parei de ler em "atrazado".

      Excluir
    2. Jogo é jogo, não existe isso de "julgar como se fosse lançado há anos atrás". Por que tem tantos jogos antigos por aí que até hoje são elogiados e sempre mencionados quando falam de jogos que envelheceram bem? Se um jogo precisa da famosa desculpa da "época" pra falar que é bom, então não é um jogo bom e sim um jogo ruim que foi considerado bom na sua época por algum motivo.

      ... Ou algum jogo que contribuiu pra indústria e hoje em dia já é datado em comparação com outros que vieram depois, como o primeiro Zelda por exemplo, ele não envelheceu bem, porém é respeitado por ter sido realmente revolucionário pra sua época.

      Excluir
    3. Essa coisa se "olhar com os olhos da época" é a coisa mais idiota do mundo. Segundo esse raciocínio, a escravidão é completamente aceitável, se você olhar com os olhos de 1800. Assim como apedrejar mulheres por motivos banais deveria ser aceitável se você olhar pelos olhos de um islâmico... Se uma coisa é ruim, ela é ruim e ponto, não impota quando e onde foi lançada.

      Excluir
  13. Eu acho que as pessoas deviam ligar menos caso as opiniões alheias são correspondentes ou não às delas, e se importar mais com como elas são compostas e tentar compreendê-las.
    Num debate, deve-se haver um consenso entre os diversos lados sobre determinado assunto em entender o argumento do outro a fim de refutá-lo e/ou notificar irregularidades que o compromete. "Isso é sua opinião!", além de um apontamento redundante, é uma mera válvula de escape de qualquer debate lógico que requer mais compromisso do autor em relação ao seu ponto de vista. Afinal, o que há demais em debater com quem concorda "100%" com você? Não muito, correto? Pessoas precisam sair de suas zonas de conforto e se arriscar mais, eu acho. Quando eu debato, eu geralmente procuro manter sólido o meu ponto de vista mas também procuro extrair pontos do outro lado, destacá-los e refletir sobre eles. Assim eu amadureço minha opinião e me providencia mais domínio e segurança sobre o grande esquema das coisas. Eu discordo de alguns pontos que você mesmo faz sobre alguns jogos, mas isso não é desculpa para não termos uma boa discussão sobre. Afinal, não é esse o propósito de um debate? Entender e crescer? Eu acho que sim.
    Outra coisa que pessoas precisam entender é que qualquer um tem direito de mudar de opinião, contanto que haja uma reflexão plausível para tal mudança. Eu vejo gente que trata quem mudou de opinião como hipócritas sem qualquer análise. É plenamente saudável mudar de opinião de acordo com a trajetória, denota que você tem a mente aberta e bom cunho crítico para se superar, assim como tentar compreender o que você discorda. Será que isso é tão errado como fazem parecer? Eu acho que não.
    Enfim, cara, é isso. Eu to com preguiça de elaborar mais coisa mas não quero correr o risco de ser redundante, se é que eu já não o fiz. Eu me sinto mal por pertencer a um grupo minoritário num âmbito tão intolerante como é o de games no Brasil, ainda mais como muita gente banalizaria o que disse agora.
    No entanto, parabéns pelo artigo. Você já chegou a publicá-lo lá aonde foram feitos os comentários que você respondeu? Fico imaginando qual seria a resposta deles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma discussão de duas pessoas que concordam 100% uma com a outra.

      Pessoa 1: Bla bla bla bla bla bla bla bla
      Pessoa 2: Verdade, concordo totalmente

      Pessoa 1: E tem mais isso também que bla bla bla bla bla bla bla bla
      Pessoa 2: Excelente, concordo com isso também

      Pessoa 1: E aí bla bla bla bla bla bla bla bla bla
      Pessoa 2: Tirou as palavras da minha boca


      Fascinante.

      Excluir
    2. Confesso que já fui um cuzão que achava que tudo o que eu dizia era verdade absoluta e qualquer pessoa que discorde tá errada porque eu tô certo e pronto. Mas hoje em dia eu sempre tento compreender quando alguém não pensa como eu e discuto normalmente quando a pessoa em questão realmente argumenta e não só fala coisas como "aff seu fdp vai toma no cu eu comi sua mae", antes eu não aceitava e hoje em dia acho interessante ver esses outros pontos de vista além do meu e concordar/discordar deles.

      Por exemplo... Um amigo meu gosta de Sonic Lost World e eu não gosto, porém eu não xingo ele, nem falo que gostar do jogo é só opinião dele e nem vice-versa, ele até já mostrou um outro lado das coisas que eu criticava no jogo e eu até concordei com alguns pontos... Mas é meio complicado porque nem todo mundo é assim, então eu só discuto seriamente mesmo quando eu sei que a pessoa com quem eu discuto é madura o suficiente pra isso.

      E mudar de opinião é até natural, eu mesmo já mudei minhas opiniões sobre um monte de jogos sobre os quais eu já falei por aqui e até criei um post falando especificamente sobre alguns... Porque pra mim isso não é hipocrisia, é só uma mudança de opinião e mais nada. O que eu entendo como "hipocrisia" é uma pessoa criticar um jogo por fazer tal coisa sendo que algum jogo que ela gosta faz a mesma coisa e ela elogia ele por isso só que com palavras diferentes e não é muito convincente em provar o contrário.

      Já sobre o artigo... Nah, eu não postei lá, não tenho interesse em criar uma conta e sinto que vai ser quase inútil mesmo, então prefiro só deixar aqui pra outras pessoas que ajam assim e talvez tenham salvação.

      Excluir
    3. eu ia postar o link, mas nem posso pq sou recem cadastrado

      que merda

      Excluir
  14. "Final Fantasy XII, o melhor Final Fantasy da era do PS2? Como é que é? Esse pedaço de bosta nem pode ser chamado de Final Fantasy já que foi aí onde o sistema de batalha foi modificado, tornando o lixo que é hoje, além disso, a história é monótona, personagens infantis e afeminados, nem cheguei a zerar esse lixo, não vale a pena. O melhor Final Fantasy do PS2, e de todos os que já foram feitos é o Final Fantasy X, justificativa: Personagens marcantes, uma história incrível e envolvente, ótima jogabilidade, ganhou uma pseudo-continuação (que deveria estar nessa lista), há pouco tempo ganhou versão HD para o PS3, e fez muita gente chorar enquanto jogava."

    "personagens afeminados"

    Reclamar disso em um FF é a mesma coisa que reclamar que a água é molhada.

    Olha o nível dos caras... sério.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A propósito, FFXII >>>>>>>>>>>>>>> FFX

      Excluir
    2. O X é um lixo, vlw

      Excluir
    3. Então, segundo a lógica dele, o Tidus é muito macho, ''tá serto''!
      E sim, Final Fantasy XII humilha o X em praticamente todos os aspectos possíveis.

      Excluir
    4. PORQUE O CECIL, O CLOUD, O SQUALL, O ZIDANE, O KUJA, O SEYMOUR E O TIDUS SÃO TÃO MASCULINOS NÉ GENTE?????????????

      Excluir
    5. Sabe, eu poderia rebater todos esses pontos aí, mas realmente parei no "personagens afeminados" porque isso nem sentido fez... Como os personagens são afeminados afinal de contas?

      E... Em defesa do Cloud, ele só ficou afeminado mesmo no Advent Children pra frente, no VII normal ele era bem "machão" naquelas artworks.

      Excluir
  15. Porra Ryu, Tem que chutar o balde mesmo. Sério, sem brincadeira, toda vez que leio um desses comentários da vontade de ultrapassar o computador e dar uns tabefes na bunda dos idiotas que comentam porras desse tipo. Um bom exemplo é que nem o carinha citou ali em cima, o Nintendo Blast. Dá vontade de vomitar toda vez que vejo os comentários. Ia printar o maior exemplo aqui, mas o AdBlock tá doidão.

    UPDATE BONUS:

    http://www.youtube.com/watch?v=Of-HU6p9sT4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já interagi com eles uma vez ou outra quando Sonic Boom foi anunciado, é tudo retardado mesmo.

      Excluir
  16. Duke Nukem Forever é perfeito

    perfeito exemplo de jogo ruim

    ResponderExcluir
  17. Ótimo post Ryu, até acho que ele ficou muito grande para expressar uma ideia que na verdade, é bem simples, meus parabéns. Mesmo o seu texto sendo tão elaborado, não duvido nada que se você postasse ele lá no site, o pessoal iria responder com as nádegas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por isso que eu não pretendo postar lá, é meio sem sentido perder tempo com aquele pessoal, a minha preocupação é esse tipo de praga chegar aqui nesse blog.

      Excluir
  18. vc já tem um post imparcial aqui, esqueceu?

    http://angryvideogameblogger.blogspot.com.br/2013/07/sonic-hedgehog-2006-review-objetiva-sem.html

    ResponderExcluir
  19. https://www.youtube.com/watch?v=fYVvk_kEVcg

    ResponderExcluir

- Copyright © Blog do Ryu - Date A Live - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -