Posts Populares:

Postado por: Ryu quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014


Olá, leitores deste humilde blog de jogos, eu decidi "começar" o ano de 2014 trazendo mais uma novidade que eu espero que acabe dando certo e apareça por mais frequência aqui... Eu digo começar porque estamos em Fevereiro e pra brasileiros o ano realmente começa aí... Mais especificamente depois do Carnaval com todas as suas putarias, bebedeiras, mortes por DST, surgimento de mulheres grávidas em massa e acidentes de carro.

Mas como o Carnaval nesse ano começa em Março e eu terminei esse post antes, então tô postando agora mesmo.

Baseado numa conversa do Skype com meus amigos, eu decidi elevar o blog um pouco mais além de apenas jogos... E como? Bem... Fazendo posts sobre filmes! Yay! Mas não, eu não vou fazer reviews de todos os tipos de filmes existentes. Como isso é um blog de jogos, eu falarei de filmes que tenham a ver com jogos! E isso inclui adaptações live action de jogos, filmes animados baseados em jogos, ou filmes "normais" que tenham alguma relação com jogos, como por exemplo, The Wizard.

E qual vai ser a primeira vítima nessa nova coluna do blog? Um clássico da minha longa e perdida infância: Pokémon: O Filme! Também conhecido como Pokémon: Mewtwo Contra-Ataca ou lá fora pelo seu título nada sugestivo de Pokémon: The First Movie... Sério, olha só pro poster aí, é "The First Movie" mesmo, eles estavam tão certos de que iriam ter mais filmes que até nomearam meio arrogantemente esse de "The First Movie", porque não só esse é o primeiro filme de Pokémon como é o primeiro de muuuuuitos...

... Muuuuuitos!

Agora antes de mais nada, quero dizer que eu não sou nenhum expert de Pokémon, eu já gostei pra caramba dessa série na minha infância, eu não tinha um Game Boy ou um Game Boy Color pra jogar Pokémon, mas um amigo meu da escola tinha e eu acabava pegando emprestado umas vezes, também assistia aquelas primeiras temporadas do desenho quando a abertura ainda era Pokémon, tem que pegar! (Isso eu seeei) Pegá-los eu tentarei! ♪ e adorava a série. Porém, com o tempo eu fui crescendo e acabei "superando" Pokémon, a série já não apelava muito pra minha pessoa agora mais crescida e eu sei que ela continuou e até tiveram não só mais filmes como mais temporadas... É basicamente o que aconteceu com Yu-Gi-Oh, antes eu adorava e hoje em dia eu só gosto, mas não sou um graaaande fã, só gosto de ambas as franquias e tenho uma certa nostalgia por elas.

Mas então falando do filme agora, se o título já não deixou óbvio o suficiente, é o primeiro filme de Pokémon e você não faz ideia do hype em volta dessa porra na época, o sonho de todas as crianças estava se tornando realidade: Pokémon ia ter um filme! E não é só um filme, é um filme com o Mewtwo e o Mew! É a primeira vez em que eles aparecem no desenho e logo de cara vão se enfrentar, então... É, você já entendeu.

Eu gostava desse filme, eu assistia ele, assistia de novo e sempre me divertia, mas isso era na época em que eu era uma criança catarrenta que caia na porrada na escola por causa de merenda e era irritante pra caralho... Sério, se eu pudesse voltar no tempo, eu mesmo me daria umas bofetadas na cara até aprender a me comportar direito, céus! Mas e agora que eu estou nos meus 20 anos de idade? Eu consigo assistir Pokémon: O Filme e ter algum proveito dele ou é só mais um daqueles casos de coisas que eram da minha infância e deviam ficar na minha infância? Sem mais delongas, vamos começar a review de Pokémon: O Filme!

... A propósito, eu vou pular direto pro filme, porque antes dele normalmente tem um curta metragem sobre o Pikachu e sua turminha de pokémons do barulho aprontando altas confusões por aí, mas ninguém liga pra isso e só acha bonitinho, então direto pro filme!


Então, o filme começa com um monólogo sobre tanto seres humanos quanto pokémons procurando o sentido das suas vidas e quem eles são... Porque claramente eles devem ter algum outro propósito pra pokémons além de serem botados pra espancar um ao outro pelo bem de seus treinadores que ainda por cima levam todo o crédito pelas batalhas...

Wow, se eu fosse um pokémon, eu certamente iria me revoltar, isso é uma puta injustiça! Por que diabos esses humanos ficam me botando pra brigar com outros pokémons, bater/apanhar e ainda por cima eu só sou visto como o bichinho de estimação dele enquanto ele que é o fodão que conquistou a vitória???

Mas então depois desse monólogo inicial que já deixa bem aparente a proposta do filme, a tela corta pra um laboratório estranhamente escuro e finalmente conhecemos Mewtwo, que era o responsável pelo monólogo de antes e agora se encontra dentro de uma cápsula. Então Mewtwo começa a se questionar sobre a sua própria identidade ou o propósito da sua vida, e assim que nosso amigo se dá conta de que está dentro de uma cápsula em um laboratório cercado de humanos, ele quebra a cápsula e dá seu primeiro sinal de vida, enquanto acaba de ouvir de um cientista aleatório que ele foi um experimento clonado do DNA do Mew, o pokémon mais raro de todos os tempos! ... Nessa época ao menos.

Então, o Mewtwo é um clone do lendário Mew e depois de ter essa revelação bombástica jogada na sua cara e ser tratado como um simples objeto de experimento pelos cientistas que estão cagando e andando pra ele e só querem fazer mais experimentos...


... Explode a porra do laboratório todo e comete um homicídio em massa no processo matando todos os cientistas lá presentes.

Wow, isso foi bem sombrio pra um começo de um filme de uma série supostamente infantil... Mas sinceramente, esses cientistas são estúpidos pra caralho também, não? Eles criam o pokémon mais poderoso do mundo, de acordo com os próprios, até com a capacidade de pensar e raciocinar igual um humano, mas nunca pensaram que ele poderia se revoltar contra eles e resistir às suas ordens? Claaaaaro que isso nunca aconteceria, totalmente fora de cogitação, um pokémon assim seria completamente fiel a humanos, especialmente aqueles que falam na cara dura que ele é só um experimento e nada mais, não precisamos de um plano B pro caso dele não ir com a nossa cara.

E eis que surge Giovanni, o chefe da Equipe Rocket que até hoje tá atrás do Pikachu do Ash e conta com dois fugitivos da APAE pra capturá-lo ao invés de contratar capangas mais competentes. Dessa vez Giovanni quer o Mewtwo, até porque o Mewtwo é muito mais legal do que o Pikachu, mas é claro, o Mewtwo não confia muito no velho, porém no fim ele acaba sendo convencido porque Giovanni diz que ele pode ajudá-lo a controlar seus poderes pra não fazer merda demais por aí.


Então sob o comando de Giovanni, Mewtwo se transforma em uma espécie de Cavaleiro do Zodíaco com capacete roubado de um integrante do Daft Punk... Tá, ele ficou legal com essa armadura, mas eu seriosamente prefiro ele sem ela. Porém essa armadura não é só um enfeite, ela concentra os poderes do Mewtwo, de acordo com Giovanni, e assim o nosso nobre cavaleiro é mostrado realizando feitos incríveis com seus poderes psíquicos como... Jogar um Onix na parede, carregar uma manada de Taurus inteira pra Equipe Rocket capturar, derrotar um Alakazan, um Magneton e até o Nidoking e o Arcanine do Gary juntos.

Não demora muito pro Mewtwo começar a se questionar outra vez sobre o porquê dele estar aí pra início de conversa, ele não sabe qual é o seu objetivo e nem nada, mas o Giovanni acaba deixando ele putasso porque disse que a única função do Mewtwo é ser escravizado por humanos... Boa, cara! É a melhor coisa pra se dizer pra um pokémon racional que pode te arrebentar facilmente com seus poderes psíquicos.

No fim das contas, Mewtwo causa mais uma explosão, dessa vez no QG do Giovanni, mas de alguma forma o cara escapou antes de ser evaporado junto com sua base... Porra, o Mewtwo já causou duas explosões, provavelmente matou mais um bocado de gente com isso e só estamos no começo do filme. Sem dúvidas o Mewtwo deve ser o pokémon favorito do Michael Bay.


Assim, Mewtwo se livra da sua armadura e o Giovanni foge com o rabo entre as patas, ele deve ter fugido pra muito longe mesmo porque ele nunca mais aparece nesse filme de novo, eu até cheguei a achar que ele também morreu na explosão, mas como ele aparece vivo depois nos episódios seguintes do desenho... É, ele só se cagou e foi esconder em algum lugar mesmo.

Agora Mewtwo volta a perguntar qual é o seu propósito de vida e decide que ele vai começar seu próprio império e lutará até o fim contra qualquer humano ou pokémon que se opuser às suas ambições!

Olha, pode me chamar de maluco ou o que for, mas a motivação do Mewtwo é realmente boa pra um vilão. Foi o que eu disse sobre pokémons serem nada mais do que escravos logo alí acima quando comentei a primeira parte do filme, e é exatamente isso que o Mewtwo tem na cabeça, ele não quer ser um escravo, ele não gosta de ser usado, ao contrário dos outros pokémons que aparentemente estão muito bem sendo botados pra lutar um contra o outro. Finalmente temos aí um pokémon que pensa diferente e quer ser diferente do resto!

E eu não culpo o Mewtwo por ter tomado essa decisão também, os primeiros humanos que ele viu na vida foram uns cuzões com ele, até eu me revoltaria se por acaso eu tivesse PODERES CÓSMICOS E FENOMENAIS e meus primeiros momentos de vida fossem assim. Então sim, eu gosto do Mewtwo como vilão da história desse filme.


Então finalmente esse filme deixa seu tom sombrio de mortes e explosões pra voltar a ser como o desenho de Pokémon que todos nós conhecíamos, e agora estamos com o trio de sempre: Ash, Misty e Brock. O Ash tá com fome e afirma que não dá conta de fazer merda nenhuma porque não come nada desde o café da manhã, mas assim que um maluco de bandana aparece pra desafiar nosso aspirante a Mestre Pokémon, ele se anima e começa a lutar, porque uma batalha de pokémons é a coisa mais animadora de todas!

... E também porque de acordo com o próprio, ele tá fraco demais pra trabalhar, mas uma batalha pokémon não é trabalho. Claro, não é você que tá lutando lá mesmo, né?

E assim a "intro" do filme começa a rolar com créditos, uma versão diferente da música da abertura do desenho e uma batalha rolando, melhor intro ever!


Ash manda seu Bulbassauro!


O maluco da bandana responde com um Donphan e o manda usar seu Spin Dash!

... Na falta de um nome melhor pra dar ao ataque, né?


O Spin Dash acerta Bulbassauro em cheio duas vezes e o manda pros ares!


Mas ele contra-ataca com o Raio Solar!

É super efetivo!


Donphan está fora de combate!


A próxima luta é entre Squirtle e Machamp, e eles começam a cair na porrada!


Mas Squirtle usa seu Ataque de Bolhas que aparentemente é o suficiente pra nocautear um bicho bombado de quatro braços...

Com o Machamp é fácil, eu quero ver o Squirtle tentar a mesma coisa com o Goro e sair inteiro...

Depois o maluco da bandana fica boladão e manda três pokémons de uma vez: Pinsir, Venomoth e Golem, que são instantaneamente derrotados pelo Choque do Trovão do Pikachu.


Pera...  Golem? Derrotado pelo Pikachu?

ISSO É PURA TOUROBOSTA! O GOLEM É UM GROUND-TYPE, GROUND-TYPES SÃO IMUNES A POKÉMONS ELÉTRICOS! VAI SE FODER! SE FOSSE NUM JOGO, O PIKACHU IA LEVAR UM SACODE TÃO VIOLENTO QUE ELE NÃO IA NEM TER FORÇAS PRA FALAR "PIKA PIKA" MAIS!

É por isso que eu odeio o Pikachu do Ash, céus, olha só pra isso!

Rato boiola escroto do caralho... Tomara que o Mewtwo te transforme em um boneco de ragdoll e limpe o cu dele com você!

Ok então... No fim das contas, Ash venceu a batalha, seus pokémons subiram de level e ele ganhou Pokémon Dollar100 pela sua vitória! O maluco da bandana provavelmente foi se enforcar não muito longe dali e isso termina com a Misty fazendo uma piadinha sobre o final da luta ter sido "chocante".

Pikachu usou Choque do Trovão! Foi chocante! Entenderam??? HAHAHAHAHAHAHAH!

...

... Ok, prosseguindo.


Então nossos heróis finalmente podem almoçar sem a interrupção de um treinador doidão que quer batalhar contra o Ash e consegue ter três dos seus pokémons derrotados por um Pikachu. E eles estão sendo observados por ninguém menos do que Jessie, James e Meowth, também conhecidos como "os três patetas da Equipe Rocket", que provavelmente foram mandados pra esse filme pelo Giovanni que até agora está debaixo do seu sofá com medo da sua casa ser explodida pelo Mewtwo.

Mas a Equipe Rocket parece estar mais preocupada em comer do que roubar o Pikachu do Ash dessa vez... Eles parecem estar tão famintos que consideram até comer o Pikachu.

Sério, o James mesmo diz isso: "Mas bem que eu queria provar esse Pikachu..."

Eu já disse que o James é estranho?


No entanto, não é só pela Equipe Rocket que Ash e sua turminha do barulho estão sendo observados, é revelado que eles estão sendo observados através de uma câmera montada em um Fearow, e esse segundo observador de Ash aparece com um ar de mistério em um local totalmente sem cara de base de vilão de desenhos.

Mas então uma mulher pergunta ao tal líder se ela deve dar um convite ao Ash e o pessoal também, e ele aparentemente falou com ela por telepatia que sim, já que eu ao menos não ouvi nada depois dessa pergunta e ela só disse um "Como quiser."

Então um Dragonite sai voando com uma bolsa cheia de correspondências na direção de onde nossos heróis estão, derruba a mesa deles com comida e tudo e entrega sua carta a Ash.


Da carta sai um holograma de uma mulher dizendo que traz um convite, e... Aí o Brock solta um "Ela é pequenininha, mas muito linda"... Porra cara, você dá em cima até de hologramas? Então, basicamente ela tem um convite pra treinadores de pokémon específicos irem a uma reunião especial comandada pelo mestre dela, que supostamente seria o "maior treinador de pokémon do mundo", e o Ash e a sua turma estão convidados. Se por acaso quiserem ir, basta só marcar "Yes" no papel e ir se encontrar com os outros pra zarpar pra ilha de destinação!

... E o Brock ainda continua tarado por esse holograma, na verdade a motivação dele de ir pra essa ilha não é nem conhecer o suposto treinador fodalhão do qual acaba de ser feita a propaganda e sim tentar comer essa mulher do holograma. Eu suponho que ele seja um personagem amado pelas femilixos do Facebook de hoje em dia.

O Ash resolve responder com um sim e vai porque quer enfrentar esse treinador numa batalha, e a Misty também vai nessa porque... Porque não tem nada melhor pra fazer atualmente, eu acho.

O Dragonite voltava voando pra sua base, mas foi interrompido pela Equipe Rocket, que acabou sabendo do que diabos essa entrega se trata e resolveu ir junto porque eles ainda não encheram o saco e nem citaram seu lema na frente de todo mundo e essa seria a oportunidade perfeita.


Então ainda nessa tela na base totalmente não-vilanesca, vemos uma tempestade se iniciando e ela está sendo controlada pelo... Mewtwo. A mão dele acaba aparecendo ali da sua cadeira e essa mão não poderia ser de mais ninguém além dele.

Eu sempre achei que era óbvio que fosse o Mewtwo, mas... Pra que fazer todo esse mistério sem nem mostrar a voz do cara antes e nem nada pra todo mundo que estiver vendo pela primeira vez se perguntar quem diabos é esse treinador pra 2 minutos depois já dar uma indicação de que é o Mewtwo?

Eu sei que tava meio óbvio porque o Mewtwo foi revelado como vilão desse filme logo no começo, mas eu tinha pensado na possibilidade de ser alguém que incrivelmente conseguiu fazer com que o Mewtwo se tornasse seu pokémon.


Pra quem se perguntava "Tá, mas onde caralhos está o Mew?", ele faz uma breve aparição por agora onde ele se encontrava debaixo d'água dentro de uma bolha, então emerge de lá e sai voando por aí pra fazer... Alguma coisa.

E enquanto isso, a tempestade do Mewtwo continua ficando cada vez pior e as águas cada vez mais turbulentas, e nossos heróis são vistos correndo debaixo dessa tempestade na direção do ponto de encontro onde um barco supostamente deveria levar todos os treinadores pra ilha do Mewtwo.


Porém, acabam se decepcionando quando dão de cara com a Policial Jenny dizendo que a viagem de barco a ilha foi cancelada porque a tempestade tá forte pra caralho e seria perigoso demais zarpar nela, pois essa não é só uma chuva e sim a pior tempestade que já aconteceu nos tempos recentes. Isso deixa todos os treinadores putassos porque eles ainda querem ir pra ilha, mas aí essa mulher estranha de cabelo azul interrompe tudo pra falar sobre uma profecia.


"Os profetas previram a volta dos ventos da água, durante anos eu rezei para que a humanidade jamais testemunhasse aquela tempestade mortal de novo. Os escritos antigos falam da tempestade varrendo tudo, menos alguns pokémons, em sua tristeza, as suas lágrimas de algum modo restauraram as vidas perdidas na tempestade... Mas não há lágrimas de pokémons hoje, apenas águas das quais ninguém pode sobreviver."

E também se os treinadores usarem seus pokémons na tempestade, eles só vão se foder porque o Centro Pokémon tá fechado já que a Enfermera Joy evaporou.

Mas os treinadores simplesmente disseram "vai si fude" e foram na tempestade com seus pokémons mesmo assim. E então a Jenny e a mulher estranha de cabelo azul ficam lá olhando eles irem embora enquanto a segunda diz que alguns treinadores não têm medo e isso é só mais um desafio pra eles, eles precisam seguir seus corações e isso os tornará verdadeiros Mestres Pokémon.

... Então por que diabos você tava tentando impedir eles citando essa profecia sendo que seria legal eles irem de qualquer forma? Era só pra prolongar o filme, né? Sua vagabunda maldita!


Ash e seus amigos ficam pra trás porque eles não têm nenhum Gyarados ou algum pokémon grande e forte o suficiente pra montarem na garupa pra ir nadando/voando até a ilha... Isso porque estamos falando do herói do filme, o personagem principal que já ficou até popular com outros treinadores, mas não tem um pokémon forte o suficiente pra atravessar uma tempestade... E ainda por cima consegue derrotar um Golem com um Pikachu.

Mas ambos são abordados pela Equipe Rocket... Digo... Por vikings. É que os disfarces desses caras são tão ruins que eu realmente não consigo entender como diabos o Ash e os outros caem nessas coisas. Mas em defesa da Equipe Rocket, esse disfarce até que não ficou muito óbvio, as caras deles estavam cobertas e tal, mas a voz da Jessie denunciava tudo e o Meowth na frente também, mas... Então tá.

O Brock diz que não sabia que existiam vikings e o Ash responde que a maioria deles mora em Minnesota...

Eu fiquei me perguntando o que isso era pra significar, porque se foi uma piada, eu não entendi mesmo, só que aí eu pesquisei "Minnesota Vikings" no Google e vi que esse é o nome de um time de Futebol Americano e isso era uma piada/referência a ele.


Oh, Ash, muito sagaz da sua parte, você, hein? Você...

Mas então... Isso significa que Minnesota existe no mundo de Pokémon e que o Ash é fã de Futebol Americano?

Puxa, isso eu não esperava, será que os jogadores do Minnesota Vikings também são treinadores de pokémons? O que porras o Ash está esperando pra ir visitar essas terras exóticas no futuro?


A propósito... É, acabam descobrindo que é a Equipe Rocket porque uma onda de alguma forma varreu as suas fantasias, mas deixou suas roupas normais... Ok?

Aí eles começam a citar aquele mesmo lema de sempre:

Preparem-se para a encrenca!
Encrenca em dobr-


Oh... Valeu, tempestade, me poupou de recitar um lema que eu já ouvi umas mil vezes antes.

Mas essa onda então pegou o Ash, a Misty e o Brock também, oh meu santo Arceus! Será que eles morreram no meio da tempestade?


Erm... Agora eles decidem usar seus pokémons que antes diziam ser fracos demais pra aguentar uma tempestade, quando convém pra vocês eles não são, né? E essa tá sendo a primeira e única vez em que a Misty usa um pokémon dela nesse filme.

Com muito custo e muito fôlego, nossos heróis conseguem chegar ao palácio do Mewtwo e são recebidos pela mesma mulher do holograma da carta lá, que o Brock instantaneamente reconhece como a Enfermeira Joy desaparecida porque o rosto é idêntico, mas ela alega que não e que eles estão doidões mesmo.


Ah sim, e a Equipe Rocket também consegue chegar até a ilha, eles usaram um Weezing pra nadar... Eu achava que o Arbok seria uma opção melhor já que cobras naturalmente conseguem nadar bem, mas então ok, a escolha é deles mesmo...

Enquanto isso...


Mew também chega até a ilha e descobre que brincar em um cata-vento de um palácio intimidador é divertido o suficiente pra ignorar o fato de que seu clone malvado está querendo dominar o mundo.


Dentro do palácio, Ash encontra outros treinadores, mas percebe que apenas três deles chegaram ao palácio: O cara que saiu voando com o Pidgeotto, o gordinho que foi na garupa do Gyarados dele e uma garota que foi usando seu Dewgong. A mulher do holograma então diz que apenas os treinadores que passaram pela tempestade se provaram dignos aos olhos de seu mestre... E sim, agora sabem que a tempestade foi só um teste e toda aquela conversa de barco era só Pegadinha do Mallandro. RÁÁÁ!

Com certeza os pais dos outros que foram pra uma tempestade forte e nunca mais nem foram mencionados de novo vão ficar muito contentes com as notícias sobre seus filhos amanhã.

Então Ash e os outros liberam seus pokémons e se juntam aos treinadores pra aguardar o tão comentado Mestre Pokémon que os convidou pra lá, e após as devidas introduções...


As luzes se apagam, os pokémons ficam assustados e apreensivos!


E então surge o maior Mestre Pokémon de todos os tempos, o primeiro e único: Mewtwo!

... Heh, um pokémon que é um Mestre Pokémon, que coisa.


A Equipe Rocket enquanto isso passa pelos esgotos do palácio pra se infiltrarem e ver o que diabos está acontecendo, e eles são seguidos pelo Mew, que aparentemente adora brincar de fantasma com os outros.

Se o Mew não fosse tão adorável e fofinho, eu diria que é extremamente irritante e isolaria ele pra puta que o pariu onde a Equipe Rocket sempre vai parar quando é derrotada.


De volta pra cena principal, o gordinho que conseguiu ter saco pra treinar um Magikarp até ele virar um Gyarados não curtiu o fato de um pokémon ser um Mestre Pokémon e fez questão de expressar a sua indignação com essa putaria toda.


Mas o Mewtwo manda o gordinho calar suas tetas e usa seus poderes psíquicos pra jogar ele na água pra esfriar um pouco a cabeça.


Coisa da qual o gordinho não gostou muito, então ele manda seu Gyarados soltar um Hiper Raio em Mewtwo.


Mas como esperado, o Mewtwo mandou o raio de volta pro bicho, o acertou em cheio e o nocauteou.

Pois é, o Mewtwo conseguiu acabar com um Gyarados como se fosse um saco de fezes de um ex-BBB. Se isso não te convenceu de que o Mewtwo é sérias buzinas, nada mais irá!

E agora? Será que nossos heróis estão fodidos pra sempre nas mãos de Mewtwo? Haverá alguma salvação pra essa dramática transformação de eventos? A Equipe Rocket vai conseguir fazer alguma coisa realmente útil nesse filme?

Não perca a segunda parte de Pokémon: O Filme!

NÓS VAMOS AO ENCONTRO DO MAIS FORT... Ops, perdoe-me, essa frase é de outro desenho, então vamos com algo diferente no final dessa parte.


QUEM É ESSE POKÉMON?

{ 40 comentários }

  1. É o Charizard com um capacete de faraó egípcio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o Charizard com cabeça de cobra egípcia?

      Excluir
    2. Vocês só tão acertando a parte de ser o Charizard.

      Excluir
    3. É o Charizard com cabelo de rosqueiro

      Excluir
    4. É o Charizard com a cabeça do Knuckles do Sonic Boom. :v

      Excluir
    5. Eu ia chutar exatamente isso ^

      Excluir
    6. Não, mas bem que parece a cabeça do Knuckles mesmo.

      Excluir
    7. ENTÃO FALA LOGO QUEM ESSE MALDITO POKÉMON É

      Excluir
    8. Calma, na próxima parte eu revelo...

      Excluir
    9. é um charizard com cabeça de cubone?

      Excluir
    10. É o charizard com a cabeça da Gretchen.

      Excluir
  2. "ISSO É PURA TOUROBOSTA! O GOLEM É UM GROUND-TYPE, GROUND-TYPES SÃO IMUNES A POKÉMONS ELÉTRICOS! VAI SE FODER! SE FOSSE NUM JOGO, O PIKACHU IA LEVAR UM SACODE TÃO VIOLENTO QUE ELE NÃO IA NEM TER FORÇAS PRA FALAR "PIKA PIKA" MAIS!"

    no desenho já teve pior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O anime tem coisa errada até em animações.
      http://archives.bulbagarden.net/media/upload/e/eb/DP158_error.png

      Excluir
    2. Não entendi o que tem de errado nessa imagem

      Excluir
    3. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH AGORA EU VI, TEM 2 PIKACHUS AÍ

      PQP QUE LERDO

      Excluir
    4. HAUIOEAHUIOEAHOIUEH

      Acontece.

      Excluir
  3. Não Ryu, o Mewtwo não cometeu um homicídio em massa no começo porque essa é a versão da 4kids, na versão da 4kids TODAS as pessoas de alguma maneira conseguiram sair do laboratório em uma fração de segundo antes de explodir!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah é, esqueci desse detalhe, os funcionários do laboratório aprenderam tele-transporte e agora estão nas suas casas fumando pirulitos.

      Excluir
    2. Fumando pirulito... nem lembrava dessa merda. huahauhauahuahuahuh

      Excluir
    3. O Yugioh da 4kids era melhor que o original

      Excluir
  4. Gostei, parece os posts de filme do blog do Amer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A inspiração é neles mesmo, achei que ficaria sem graça se fosse só uma review de filme convencional.

      Excluir
  5. A primeira pessoa que deu a ideia dos filmes fui eu, quero créditos.

    ResponderExcluir
  6. "Mas o Mewtwo manda o gordinho calar suas tetas e usa seus poderes psíquicos pra jogar ele na água pra esfriar um pouco a cabeça."

    Meu deus cara. kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. adorei a resenha do filme, e um dos filmes de pokémon que prestaram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filmes de Pokemon prestaram até aquele do Entei, depois dele foi só filme chato.

      Excluir
    2. Eu gosto do quarto filme com o Celebi. >:

      Excluir
    3. Eu só assisti os dois primeiros, mas dizem que o do Entei é legal.

      Excluir
  8. kkkkkkkkkkkkkkkkk deu vontade de ver o filme agora

    ResponderExcluir
  9. Não Ryu, não é de jogos, é de torradas, lembra?

    ResponderExcluir
  10. Deixei de ver Toy Story 2 pra ver esse filme no cinema e não me arrependi. Era 1999 e Pokemon era febre.

    Ah, e esse aí é o Charivader.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje em dia eu acho que prefiro Toy Story 2, mas esse Pokémon é legal por mérito próprio apesar de ter umas coisas irritantes.

      E... Também não é.

      Excluir
  11. uhaeuhauehauheuaheuaheuh curti, ficou melhor do que eu pensei que ia ficar.

    E o pokémon misterioso aí é o Charizard com um Metapod na cabeça?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nope... Eu tô achando até que vocês vão me bater quando eu revelar na parte 2.

      Excluir
  12. "Ela é pequenininha, mas muito linda".
    Pedofilia, meus amigos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que muitos quarentões dizem sobre a Maria Joaquina.

      Excluir
  13. "Pikachu usou Choque do Trovão! Foi chocante! Entenderam??? HAHAHAHAHAHAHAH!

    ...

    ... Ok, prosseguindo."

    Parabéns, me fez rir

    ResponderExcluir

- Copyright © Blog do Ryu - Date A Live - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -