Posts Populares:

Postado por: Ryu segunda-feira, 22 de abril de 2013


Homossexualidade hoje em dia é uma das coisas mais discutidas ao redor do mundo, é uma coisa que ainda está começando a ser aceita em nossa sociedade, porém ainda existe uma oposição contra isso, até mesmo religiosos são contra, muitos gays sofrem bullying na escola (Ou pelo menos sofriam quando eu estudava), e também temos os caras que quebram a cara dos viadões no meio da rua só porque os coitados transam de costas. Pra falar a verdade eu nunca liguei muito pra opção sexual alheia, se o cara quer ceder o peidante, então vá em frente e faça, só não me chame pra ir junto. Pra falar a verdade... Sim, tem uma parcela de viadões que eu não gosto, eu não suporto gays escandalosos, não suporto gays que gostam de aparecer, não suporto gays que ficam se pegando em lugares inapropriados... Ah não, pera, eu odeio qualquer tipo de gente que tenha essas atitudes citadas, hétero, bi, lésbica, o que for, então deixa pra lá. Vamos prosseguir com a parte dos jogos mesmo...

Já que viadagem é o assunto do momento, por que não levar esse blog um pouco pro lado rosa da força e fazer uma postagem sobre personagens de jogos que cortam pro outro lado? Mas cuidado, se você for hétero, pra continuar lendo isso, você tem que ter 100% de certeza que você é macho, caso contrário você pode acabar virando um viadão e eu não me responsabilizo por isso, agora se você for gay... Viu só como eu não sou homofóbico? Se fosse o Marco Feliciano escrevendo isso, ele provavelmente diria que os melhores viadões de jogos seriam os que você pode encher de porrada.

Então, pra falar a verdade já existiam gays em jogos eletrônicos, mas muitos deles eram censurados ou não ficava tão na cara que eram gays, na época era considerado "ofensivo" ter um gay em um jogo, mas hoje em dia eu ouvi dizer que tem até como tu ter relacionamento gay em Mass Effect 3, então realmente todo mundo pode soltar a franga nos jogos esses dias, mas chega de falar, vamos logo pra essa lista.

Ah sim, essa lista obviamente não é dos viadões "mais bonitos" dos jogos e sim dos mais legais, por assim dizer. Se tu quer um blog onde o autor é gay, eu sugiro que dê uma olhada em qualquer fã-blog de One Direction... Ou se fetichismo furry com ouriços humanoides também for sua praia, o Planeta Sonic tá aí pra surprir seus desejos mais doentios.

5ª posição: Ash (Bare Knuckle III)

Que Streets of Rage 3 é uma bosta não é nenhuma novidade, é provavelmente um dos Beat 'Em Up mais injustos e filhos da puta que eu já joguei na minha vida, é difícil por todos os motivos errados e totalmente desbalanceado... Mas calma aí, eu não odeio o jogo, porque Streets of Rage 3 não passa de uma versão muito piorada do jogo original do japão: Bare Knuckle III, esse sim é bom e não tem quase nenhum desses problemas da versão americana. Além de ser... Bem... Um jogo melhor, Bare Knuckle III tinha coisas que foram censuradas na versão americana, as mulheres tinham roupas que mostravam boa parte do corpo delas e isso foi modificado, os personagens têm suas skins originais e o Axel não usa mais aquela roupa laranja que parece ter sido mijada por um elefante...

Mas talvez a maior censura que Streets of Rage 3 fez foi ter removido o Ash, um cara que aparecia no final da primeira parte da fase inicial do jogo, e como vocês podem ver na imagem acima, ele... É um homem vestido com roupas de mulher, mas não é porque ele tem gostos estranhos pra roupa e sim porque ele é um viadão mesmo, ele tem animações totalmente femininas pra correr, dar golpes, pular, praticamente tudo, e quando eu fui jogar Bare Knuckle III com um patch de tradução pra entender a história, eu vi o Ash e a minha reação inicial foi "Mas o que diabos?", porém depois eu comecei a rir e continuei jogando normalmente. Na versão americana, o Ash era substituído por um inimigo genérico com o mesmo tanto de vida que ele, e como foi a primeira que eu tinha jogado antes dela, eu pensava que seria a mesma coisa na japonesa, mas acabou que eu tive essa surpresa, e pelo que eu sei, dá até pra destravar o Ash como personagem jogável secreto no jogo, e ele também aparece em Streets of Rage Remake, um jogo feito por fãs porque a Sega nem sabe mais o que é Streets of Rage.

Se bem que eu acho que até entendo por que o Ash foi censurado, digo... É um gay que aparece pra ser socado até a morte pelo jogador, enquanto homofóbicos achariam Bare Knuckle III o melhor jogo da história por isso, é claro que isso geraria uma revolta de viadões que forem jogar a versão americana... Não que não existam viados no Japão, lá os caras até se vestem de mulher e formam bandas com visuais tão gays que fazem o Pe Lanza parecer o Jean Claude Van Damme, mas vai que levar porrada até morrer é um outro fetiche bizarro deles, nunca se sabe...


4ª posição: Birdo (Super Mario Bros. 2)

Você provavelmente já jogou Super Mario Bros. 2, certo? Aquele que é um Doki Doki Panic com skins de Mario e o caralho a quatro. Pois bem, ao invés de enfrentar filhos do Bowser ou o próprio Bowser como boss no fim de cada mundo, você enfrenta um dinossauro fêmea muito frufru que tem uma boca meio... Estranha... E cospe ovos usando ela. Então depois de enfrentar essa tal de Birdo e acreditar que era uma mulher de outra espécie esse tempo todo, a Nintendo vai e me solta essa bomba no manual oficial de Super Mario Bros. 2:

Birdo thinks he is a girl and likes to be called Birdetta. He likes to wear a bow on his head and shoot eggs from his mouth.
... Então quer dizer que isso é um homem? Digo... Uma trap? E se o Birdo então na verdade é um traveco, isso significa que em todos os jogos de esportes do Mario onde ele aparece e faz dupla com o Yoshi... Ele... O Yoshi... O Yoshi é um... Não, eu me recuso a crer nisso! Porra, Nintendo, eu não quero que minha infância seja estuprada.


3ª posição: Hana Tsu-Vachel/Rain Qin (Fear Effect)

"Affff Ryu, você disse que esse post é sobre viadões, o que que essas lésbicas de bosta estão fazendo aí? Seu xexelento filho da puta, eu sabia que no fundo você era só outro homofóbico de merda, eu te odeio!"
Acalme-se, meu caro, em primeiro lugar, homossexualidade é algo referente tanto a gays quanto lésbicas, a parte de "viadões" no título é só pra ter uma desculpa pra usar o Ratinho de imagem inicial já que eu estava sem ideias pra outra coisa melhor.

Agora que esclareci isso, vamos voltar ao assunto... Alguém aí já jogou Fear Effect? É, foi o que eu pensei, é uma ótima série que ninguém jogou, mas o foco desse post seria nas duas protagonistas femininas da trama: Hana Tsu-Vachel e Rain Qin, elas são  membras de um grupo de mercenários que vivem em um mundo infestado por uma epidemia chamada ENDS e coisas como roubos, assassinatos, terrorismo, e tudo de ruim que você pode imaginar viraram lucrativas, mais tarde tudo isso se desenrola em uma história totalmente sinistra envolvendo várias coisas... Mas o foco aqui não é exatamente a história principal de Fear Effect, mas pra ser exato um subplot do jogo.

E esse subplot do jogo é basicamente uma relação lésbica entre Hana e Rain, as duas protagonistas citadas acima, na verdade o marketing desse jogo ganhou uma certa atenção justamente por isso, foi aquele papo todo sobre as protagonistas serem lésbicas e colarem os velcros, isso foi até uma decisão... Esperta? Talvez? Afinal qualquer coisa que envolve sexo vende, sem falar que boa parcela dos gamers são nerds espinhentos que adoram um fanservice pra bronharem na excelência, mas... Pra ser honesto, não tem tanta pegação assim entre as duas quanto faziam aprecer, mas o pouco que teve foi o suficiente pra me fazer ter uma ereção enquanto jogava pela primeira vez.

... O que foi? Eu tinha 14 anos quando joguei esse jogo, vai se foder!

2ª posição: Zhang He (Dynasty Warriors)

Existia alguma dúvida sobre esse cara aparecer nessa lista? Qualquer lista de viadões legais em jogos que não tenha o Zhang He é um crime hediondo contra a humanidade e o autor deve ser punido severamente com duas horas de Resident Evil 6 por ter feito tal atrocidade!

Então, todo mundo já sabe que Dynasty Warriors é uma das minhas séries favoritas da atualidade, seja pela história incrível baseada na China antiga, pelos personagens carismáticos, pelas cutscenes hilárias do 3, pela consistência, qualquer coisa, pode não ser o Hack 'N Slash mais profundo de todos, mas tem vários outros fatores que me atraem e me fazem jogar e devorar qualquer jogo novo dessa série sair... A não ser que esse seja tão ruim quanto Dynasty Warriors 6 ou Strike Force, mas todo mundo já esqueceu esses jogos mesmo, então provavelmente seria melhor que eu o fizesse também.

Entre os vários personagens de Dynasty Warriors, um deles possui um comportamento bem... Estranho... E esse seria Zhang He, um soldado do reino de Wei que se veste igual uma dançarina de Final Fantasy e valoriza a "beleza" e a "graça" dos movimentos de batalha de seu exército e também do inimigo, possui um sotaque mais gay do que o de um francês, um moveset acrobático mais feminino do que qualquer outra personagem e ainda por cima nunca teve nenhum interesse amoroso na série inteira, você ainda vai querer questionar e dizer que o Zhang He não é um viadão mesmo? Diziam a mesma coisa em defesa do Rick Martin, até que ele acabou sendo a última pessoa a descobrir que é gay. Mas isso significa que eu odeio o Zhang He? Mas nem a pau! O Zhang He é um dos personagens mais legais do reino de Wei e também um dos mais ágeis do jogo, ele também tem uma personalidade bem decente, sendo um estrategista bom, e se importando até demais com seus aliados.

O mais engraçado disso é que o Zhang He é uma figura histórica, assim como todos os personagens de Dynasty Warriors, ele é baseado num chinês fodão que existiu antigamente, e o Zhang He real não era desse jeito, ele era um cara tão machão quanto qualquer outro, mas a Koei resolveu deixar ele com essas tendências homossexuais... Talvez pra expandir o público da série? Não sei direito, mas acho que enquanto digito isso aqui, o Zhang He verdadeiro está se revirando em seu túmulo na China.

1ª posição: Poison (Final Fight)

Mas é claro, obrigatoriamente a Poison devia estar nessa lista, e não poderia estar em uma posição melhor do que a da liderança. A essa altura você já sabe que a Poison é um travesti, certo? Eu creio que você não ficou hibernando numa caverna isolada no Himalaia durante as últimas décadas pra não saber de uma coisa dessas hoje em dia. E pra falar a verdade, a Poison é uma das minhas personagens favoritas da Capcom, sem brincadeira, a história toda por trás dela é muito interessante e até hoje existem vários debates acerca dessa polêmica toda que ela causou.

Então, de onde surgiu a Poison? Lá no primeiro Final Fight que foi lançado nos anos 80, em certo ponto aparecia uma garota peituda com cabelo rosa, roupas de puta de esquina e movimentos acrobáticos que fizeram todos os nerds tetudos celebrarem por revelar parte dos seus peitos o meio de suas pernas, mas então quando iriam mandar o jogo pro ocidente, o pessoal da Capcom achou que não seria legal botar uma mulher sendo espancada até ser nocauteada... Aliás, vão tomar no cu com essa frescura de sexismo em jogos, quer dizer que homem pode levar porrada, ser arremessado em espetos, ter sua cabeça cortada, ser esfaqueado, esquartejado, mas mulheres não podem? Bah, me chupem!

Enfim... Pois é, já que ter uma garota apanhando num jogo provavelmente causaria polêmica no ocidente, eles resolveram fazer o que? Transformar a Poison num travesti, e então aquela gostosa que te fez paudurecer com animações quentes na verdade tinha uma tromba bem no meio daquelas pernas que eram mostradas com certa frequência, sinta-se constrangido. E desde então a Poison tem sido uma das personagens que causaram maior dor de cabeça em gamers ao redor do mundo, a sexualidade dela é debatida pelo povão até hoje, várias fontes afirmam que é uma mulher, mas ao mesmo tempo várias fontes afirmam que é uma trap, mas aí acabou que o próprio Yoshinori Ono disse que de qualquer jeito ela é um cara, na versão americana é um homem que fez cirurgia pra trocar de sexo e na versão japonesa é um homem com sua manjiroba bem escondida. E pra piorar, no Capcom Card Fighters de DS tem uma "bio" de cada personagem, e a da Poison começa já dizendo "She's a man, baby!", bem discreto esse pessoal da Capcom, não é mesmo?

Mas não é só por causa da polêmica toda que ela causou, a Poison é uma personagem bem incomum se comparar com o resto do elenco da Capcom, que com certeza não é especialista em fazer algum tipo de evolução ou adicionar profundidade em seus personagens, especialmente os de jogos de luta, mas a Poison é um caso totalmente diferente, primeiro ela começa trabalhando pra Mad Gear Gang, mas então depois ela sai da gangue e resolve ajudar Hugo (Ou Andore, como preferir) que era um colega dela que tinha um sonho de ser um campeão de luta livre e entrou pra Mad Gear porque achou que seria o caminho mais fácil, porém o que ele conseguiu foi a marca da sola do sapato do Cody estampada em sua nádega esquerda e alguns membros arrebentados pelo pilão do Haggar. Então a Poison mostra que tem um bom coração e resolve ajudar o nosso amigo fracassado a correr atrás de seu sonho novamente, e mesmo ela fazendo isso visando ganhar grana, Poison realmente gosta de Hugo, assim como ele também gosta dela, e os dois formam uma equipe tão caralhuda quanto... Sei lá... Ryu e Ken? E isso de fato é alguma evolução, eu gosto da Poison, sendo travesti ou não ela continua sendo uma das personagens mais bem desenvolvidas que eu já vi em um jogo de luta e por isso merece estar na primeira colocação desse Top 5.

Menções honrosas


Flea (Chrono Trigger)

Todo mundo já tá careca de saber que eu amo Chrono Trigger de coração, e eu vou sempre puxar o saco desse jogo quando tiver oportunidade, porque se as pessoas podem fazer isso com Ocarina of Time, eu também posso fazer com Chrono Trigger, e sem "mas", mocinho!

Então, você finalmente chega ao castelo de Magus, o grande filho da puta que está em guerra contra a raça humana e pretende acordar Lavos, e no meio de um monte de demônios, monstros, lobisomens, morcegos, clones da Inês Brasil e vários outros tipos de criaturas malignas possíveis, você vê uma doce garotinha chamada Flea, que até manda um beijinho pra você numa cena... E então mais tarde quando você a enfrenta, acaba vendo que ela é um homem. O que tem de errado com esses japoneses afinal? Céus!

Mas ao contrário da Poison, Flea não é um viadão que resolveu virar mulher e sim um cara que não dá a mínima pra sexualidade, ele mesmo diz "Male, female... What's the difference?" ... Olha, Flea, pra falar a verdade tem muita diferença entre homem e mulher, mas eu não acho que vou te convencer de qualquer forma, então vamos apenas dizer que um possui uma chave e o outro um cadeado, e que os dois se encaixam. Então... O que eu gosto no Flea é que mesmo não sendo muito importante pra história, ele é um dos que mais deixam marca, não só pela surpresa de ser um cara, mas também porque ele é razoavelmente divertido e também é bem poderoso, afinal o exército do Magus só tem o pessoal zika das quebradas, e o fato de não dar a mínima sobre a sua sexualidade acaba tornando ele um tanto único, ele se sente bem com si próprio e isso já é o suficiente, muita gente até devia agir dessa forma.

... Não me refiro a não ligar pra sexualidade e sim a se sentir bem consigo mesmo, antes que algum engraçadinho apareça e distorça o que eu disse!

Hope Estheim (Final Fantasy XIII)

... Opa, desculpem-me! Esqueci que essa lista é de viadões legais de jogos, perdão mesmo.


Então, fico por aqui com esse Top 5 mais rosa, e se você ainda continua hétero, parabéns, se não, eu não me responsabilizo por nada. Eu também fiz isso porque fazia tempo que não postava algo assim, então resolvi fazer um sobre um assunto mais atual mesmo, e foi até divertido pra ser honesto.

E agora depois de tanta viadagem, eu tô indo ver uns filmes do Bruce Lee e depois jogar Duke Nukem 3D pra me sentir mais hétero novamente, você eu não sei, se vira aí, rapaz!

{ 32 comentários }

  1. Sim, Ratinho.


    VIADÃO, VIADÃO! *Puff*

    ResponderExcluir
  2. Se você tivesse jogado Metal Gear Solid, podia ter colocado o Vamp nessa lista.

    ResponderExcluir
  3. "Mas cuidado, se você for hétero, pra continuar lendo isso, você tem que ter 100% de certeza que você é macho, caso contrário você pode acabar virando um viadão e eu não me responsabilizo por isso"



    E se for mulher e hétero? Eu tenho que ter certeza que sou fêmea? uhaeuaheuhauehauheauheuaheuh

    ResponderExcluir
  4. Lia esse post enquanto escutava Y.M.C.A, me julguem.

    ResponderExcluir
  5. Ratinho politicamente correto23 de abril de 2013 11:04

    Demasiado homossexual vossa senhoria

    ResponderExcluir
  6. A Birdo era um gay mesmo, mas acho que a história dela foi reescrita e então é só uma dinossauro fêmea mesmo.


    Mas ficou muito bom, também gosto da Poison e achei interessante essa parte sobre ela ter evoluído em comparação com outros personagens da Capcom, nunca olhei por esse lado. Acho que foi o melhor Top 5 até agora.

    ResponderExcluir
  7. Pois é, só que eu ainda nem cheguei a jogar.

    ResponderExcluir
  8. Exatamente, aí inverte as coisa e tal.

    ResponderExcluir
  9. Acho que isso torna as coisas menos perturbadoras, mas ainda assim...

    ResponderExcluir
  10. Vou deixar que o Ratinho faça isso por mim.

    ResponderExcluir
  11. Fala que odeia o facebook, mas esse meme do Ratinho é de la

    ResponderExcluir
  12. ... Como é? O Ratinho veio do Câncerbook?


    Cara, sai daqui, na boa.

    ResponderExcluir
  13. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  14. Nossa, cara... HAUDHAEUDHAUEHDUAEHDUHAEUDHUEAHDUAHUAHEUDHEAUDHE

    ResponderExcluir
  15. pode não ter vindo do facebook mas ficou popular por lá

    ResponderExcluir
  16. é feio roubar as coisas da Desciclopédia rapaz

    ResponderExcluir
  17. E foi justamente o pessoal do Facebook que deixou ele sem graça.

    ResponderExcluir
  18. A Desciclopédia plagiou um artigo da EAJS Wiki na cara dura, se eles podem, eu também posso.

    ResponderExcluir
  19. UEHUEHEUHUEHEUHUEHUEHEHU!25 de abril de 2013 12:35

    Faltou o Sonic do Sonic Adventure.... (E não o Sonic normal!)

    ResponderExcluir
  20. FFXIII DEFENSIVE FANBOY26 de abril de 2013 09:26

    LEAVE FINAL FANTASY XIII ALONE


    LEAVE IT ALONE IM SERIOUS

    ResponderExcluir
  21. EvaeAdão, EvaeAdão,EvaeAdão

    O culpado disso tudo sempre foi EvaeAdão.....

    ResponderExcluir
  22. Quem insiste que a Poison é um homem é pq já "homenageou" ela, se é que vc me entende... kkkkkk

    ResponderExcluir
  23. Quem insiste que a Poison é uma mulher é pq já "homenageou" ela, se é que vc me entende... kkkkkk

    ResponderExcluir
  24. É exatamente o que eu penso. hue

    ResponderExcluir
  25. MGS 2, é bom lembrar. Embora eu não adivinharia nem em dois mil anos que ele é gay. Embora eu sempre achei estranho essa coisa de ele ficar lambendo o sangue na faca dele.

    Mas, falando sério, Metal Gear tem mais contexto homoerótico que todas as outras coisas que eu consigo lembrar. Chega a assustar.

    ResponderExcluir
  26. Toda essa coisa do/da Poison ser transsexual começou por censura da Capcom, então a situação fica meio....estranha.

    ResponderExcluir
  27. Coitado do Hope. kkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  28. o poison ñ é do street fighter ??

    ResponderExcluir
  29. A série de onde ela veio é Final Fight, depois ela começou a aparecer em Street Fighter, igual o Cody, o Guy e o Hugo.

    ResponderExcluir

- Copyright © Blog do Ryu - Date A Live - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -