Posts Populares:

Archive for Novembro 2012

Dragon Ball Z for Kinect

By : Ryu

Ohhhhh meu São Pixel! Por favor, não!

... Não! Esse jogo não! Não! NÃO!

NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO!!!


... Ok, ok, eu estou um pouco mais calmo agora... Me desculpem por isso... É que eu realmente não quero falar desse jogo, eu prefiro até fingir que eu nunca joguei essa merda e ela não existe, mas... Urgh!

Mas enfim, mais uma aberração produzida pra esse pedaço de merda que a Microsoft chama de Kinect,  e mais uma vez estuprando outra franquia popular, primeiro foi Sonic, depois Star Wars, e agora é a vez de Dragon Ball ter esse terrível destino, com Dragon Ball Z for Kinect. Aliás, que porra de nome é esse? "Dragon Ball Z for Kinect"? Sério? Não tinha nada mais criativo não? Como diabos as pessoas vão se referir a isso como um jogo de Kinect? Vão dizer "Dragon Ball Z for Kinect for Kinect"?

Ignorando esse nome idiota, você já sabe da novela toda ao redor desse jogo, teve aquele primeiro trailer que foi tão ridículo que foi extremamente engraçado, depois o backlash imenso que teve contra esse trailer e o próprio conceito desse jogo em si, os fãs de Dragon Ball Z não gostaram, os gamers não gostaram, caralho, eu vi até otakus! OTAKUS falando que aquilo tava horrível. Mas nada disso impediu esses filhos da puta de terminarem essa porcaria e lançarem o que é provavelmente o pior jogo de Kinect já feito até agora... E olha, isso é uma afirmação bem forte, porque o Kinect não tem jogos bons, todos os jogos do Kinect chegam a ser abismais, e isso aqui conseguir ser pior do que todos eles é algo muito grave.

Sinceramente, eu nem sei se vou conseguir levar essa review a sério a ponto de querer falar sobre cada aspecto desse jogo separado, não dá, o jogo não tem quase nada pra se falar exceto pelo gameplay.


O modo história de Dragon Ball Z for Kinect é basicamente pegar um monte de batalhas da história da série, desde a saga dos Saiyajins até a do Majin Buu, e mandar lá pro povo jogar, esse modo história do jogo é tão mal feito que se você pensava que Ultimate Tenkaichi pulava coisas demais da história, aqui eles pulam mais ainda, eles só pegam as batalhas principais como Goku vs Vegeta, Goku vs Freeza, esse tipo de coisa.

E o pior, essas batalhas não tem nem a história contada do próprio jeito do jogo, as cutscenes são as mesmas do Ultimate Tenkaichi, talvez com alguns pequenos detalhes que diferem, mas são exatamente as mesmas falas, os mesmos gestos, tudo exatamente como era em Ultimate Tenkaichi. Esse pessoal da Bandai estava ao menos tentando com essa merda?

E tem mais, os gráficos desse jogo também são exatamente como eram em Ultimate Tenkaichi, tudo está alí, sem nada de novo, até os movimentos labiais estranhos dos personagens estão lá, eles nem se importaram em corrigir um defeito mínimo desses. Aliás, não, os movimentos labiais e o lip-sync estão ainda piores, tem vários momentos onde os personagens nem abrem a boca, mas estão falando mesmo assim, daí abrem a boca depois, esse jogo não consegue nem se salvar pela parte gráfica, é o Ultimate Tenkaichi copiado e colado, mas de alguma forma feito ainda pior, é um dos trabalhos mais porcos e preguiçosos que eu já vi em um jogo.


Mas sem dúvida alguma, o pior aspecto de Dragon Ball Z for Kinect é de longe o gameplay, mesmo se os gráficos fossem bons, nunca salvaria esse jogo de ser um lixo. Se você, assim como eu, achava a própria ideia de um jogo de Dragon Ball Z para o Kinect ridiculamente estúpida, saiba que a execução dessa ideia é ainda pior do que a teoria. O próprio conceito desse gameplay é basicamente pegar a mecânica do Ultimate Tenkaichi... Aliás, é, esse jogo é basicamente o Ultimate Tenkaichi, só que completamente estuprado e feito de forma que não seja jogável de maneira alguma.

Enfim, o conceito disso é pegar a mecânica do Ultimate Tenkaichi e "adaptar" ela para o Kinect, e isso é mais estúpido ainda do que a própria ideia de fazer um jogo de Dragon Ball Z pro Kinect, a intenção disso era você "se sentir como um personagem de Dragon Ball", mas eu não me senti assim, eu só me senti como um retardado mental socando e chutando o ar na frente da televisão.

Tudo o que você faz nesse jogo é isso, ficar socando o ar, em um ambiente first person, esperando que o Kinect leia seus socos precisamente, o que por si só já é um suplício porque esse jogo requer que você faça movimentos rápidos, soque rápido, esquive dos ataques rápido e tudo mais, só que a merda do Kinect não lé as porras dos movimentos rápidos, ele lê tudo atrasado e as vezes quando você está socando, a maldita barra que era pra encher enche pra você poder executar um "combo" onde você tem que fazer mais coisas ridículas na frente da TV, não enche e você fica com o ataque interminado. Esquivar dos ataques também é um saco porque ou o Kinect não vai ler o seu movimento de esquiva a tempo, ou você vai tentar defender inutilmente porque  por algum motivo, mesmo você estando na posição de defesa, o jogo ainda conta como se você estivesse sendo atacado, e longe do inimigo, é a mesma coisa, exceto que você só joga poderes "empurrando o ar" repetidas vezes com as mãos, e os mesmos problemas de socar estão presentes aqui.

Aliás, NEM TENTE chutar um inimigo, sério, se você tem bom senso, não tente!

Como eu disse antes, você não se sente como um personagem de Dragon Ball, só um retardado lutando contra a programação desse jogo e contra o maldito Kinect, a única coisa perto de parecer Dragon Ball nesse jogo são os movimentos especiais como o Kamehameha, mas até eles ficam tediosos rápido.
Esse jogo tem basicamente os mesmos personagens de Ultimate Tenkaichi, exceto que agora tem o Bardock Super Saiyajin, mas porra, qual é o propósito? TODOS os personagens desse jogo são exatamente a mesma coisa, nenhum é diferente, talvez alguns tenham uns modos diferentes de executar ataques, mas a maioria é a mesma merda, era meio assim em Ultimate Tenkaichi, mas é ainda pior nesse jogo porque é literalmente a mesma coisa jogar com qualquer personagem.

As lutas são horríveis em todos os aspectos possíveis, elas são bugadas, mal feitas, e mesmo se fossem bem programadas, elas seriam repetitivas como a foda porque você estaria socando e chutando até a barra encher o tempo todo. Não tem nada nesse gameplay que se salva, nada!  E se tudo isso não fosse ruim o suficiente, tem as lutas de bosses que, novamente, são as mesmas de Ultimate Tenkaichi, só que com QTEs ainda piores porque... Bem... Adivinhe.


Exatamente, o jogo tem QTEs usando o Kinect.

....


QUEM DIABOS ACHOU QUE ISSO SERIA UMA BOA IDEIA? QUEM??? QUEEEEEEM???

Se o Kinect mal consegue ler os movimentos normais desse jogo, imagina uma QTE onde o jogo te dá apenas alguns segundos pra reagir e você tem que fazer o movimento que pede na tela rápido, na maior pressa, daí você vê que o Kinect não leu o movimento completamente porque foi rápido demais. Os bosses desse jogo, que são só cutscenes na maior parte do tempo, conseguem ser ainda piores do que o resto do jogo, não dá, simplesmente não dá.

E de quebra, Dragon Ball Z for Kinect nem Multiplayer tem, é só o modo Single Player e as opções, nada mais do que isso, nenhum modo de treinamento, nada.

Sério, por que esse jogo existe? Qual foi o propósito disso? Por que o gameplay é tão mal feito? Por que as lutas são tão horríveis? Por que os bosses são tão quebrados?

POR QUE ESSE JOGO É TÃO ABISMAL???

ASFDG
SADHGJKHLE
EYTUIEG

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAARGH!


... Desculpem novamente, mas não dá, eu não consigo continuar com isso, faz muito tempo desde que um jogo me deixou tão puto, Dragon Ball Z for Kinect é o pior jogo de Dragon Ball que eu já joguei, é pior do que Dragon Ball Z: Ultimate Battle 22, pior do que Final Bout, aliás jogar isso é pior até do que assistir Dragon Ball GT, e você sabe como eu desprezo Dragon Ball GT. Esse jogo não é só ruim, ele é ruim no nível de Superman 64, Daikatana, E.T, Bubsy 3D, qualquer outro jogo que esteja no hall da vergonha dos video games.

Eu ainda não sei quem caralhos pensou que poderia sair algo bom disso, mas puta que pariu. Quando eu penso que Resident Evil 6 já era ruim o suficiente, o Kinect me lembra que tem coisa pior.


Prós:
 Nada.

Contras:
Tudo.

Gráficos: 5/10
Enredo: 3/10
Gameplay: 0/10
Som: 4/10
Conteúdo extra: 0/10


Veredicto:

- Copyright © Blog do Ryu - Date A Live - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -