Posts Populares:

Postado por: Ryu quinta-feira, 8 de março de 2012

This game contains Epic Win

Tudo começou quando os funcionários de uma fabricante japonesa de cerveja chamada HappySoft decidiram se embebedar com a própria cerveja que fabricam, que aparentemente é muito poderosa, e então após estarem bêbados ao ponto de quase não conseguirem se levantar, o chefe da HappySoft decide criar um jogo, então um dos funcionários perguntou que tipo de jogo seria, então o chefe responde que poderia ser baseado na Transferência de Soberania de Hong Kong, em 1997. Então eles se embebedaram mais um pouco para comemorar a criação do seu novo jogo: Hong Kong 97, e aí foram produzi-lo. Mas antes de começar a review, eu quero que vejam isso:


A HappySoft quer comprar seus jogos de SNES e garante que um terço dos lucros será seu, contate-os se tiver algum jogo velho de SNES que não use mais.

Expulse os comunistas feiosos de Hong Kong






As imagens acima explicam bem o maravilhoso enredo de Hong Kong 97, mas como eu sei que nem todo mundo aqui entende inglês, vou tentar resumir.

Hong Kong 97, como eu disse antes, se passa durante a Transferência de Soberania de Hong Kong, em 1997, e você está na pele de Chin, um parente de Bruce Lee contratado pelo governo de Hong Kong, também mestre das artes marciais, como o jogo mesmo diz, ele é uma máquina de matar, tendo eliminado bilhões de comunistas, cabe a ele livrar Hong Kong dos comunistas malvados feiosos da porra.
Mas enquanto isso, na China, está ocorrendo um projeto secreto para reviver Deng Xiaoping e transforma-lo na "Arma Suprema".

Um fato curioso sobre a história de Hong Kong 97 é que Deng Xiaoping estava vivo quando o jogo foi lançado em 1995, mas ele morreu exatamente em 1997, que é o ano em que a história desse jogo acontece... Na verdade a Transferência de Soberania de Hong Kong nem tinha acontecido ainda, ou seja, os bebuns da HappySoft adquiriram o poder de prever o futuro, bendita seja essa cerveja deles! Poderiam me dizer quando é que a Sega vai tomar vergonha na cara? Ou ao menos se vai demorar muito pra isso, por favor, vai!

Estilo artístico único


Hong Kong 97 tem gráficos únicos, os cenários são posters de propagandas, e algumas vezes fotos do Mao Tse-Tung, eu preciso mesmo comentar o quão criativo isso foi? É uma base secreta dos comunistas feiosos cheias de propagandas, e como explicar o Mao Tse-Tung? É claro, ele foi um líder comunista, os comunistas feiosos obviamente o endeusavam ao ponto de se ter uma sala inteira em homenagem a ele. Há até uma sala da base que já havia sido dominada pelos captalistas, que tem uma propaganda da Coca-Cola, mas eles foram mortos pelos comunistas e Chin deve vingar a morte deles. E os modelos dos personagens também são muito bons, até os efeitos de explosões quando eles morrem são de primeira qualidade, e você ainda não viu nada, olha só o que acontece quando você morre no jogo...


Sim, é o cadáver de Chin... Mesmo não tendo nada a ver com ele, é o cadáver dele. Foi algo bem ousado para a época, nunca se havia mostrado uma imagem dessas em um jogo porque as produtoras de jogos são um bando de pussies que acham que as pessoas ficariam chocadas demais com imagens de gente morta, bah! Parabéns por pensar diferente, HappySoft!

Chin, uma máquina de matar


O gameplay de Hong Kong 97 consiste-se em sair por aí atirando em todos os comunistas que você vir pela frente, como se fosse um daqueles shooters espaciais, só que muito mais épico porque você controla o Chin e não uma nave espacial genérica. Mas não pense que o jogo é fácil, Hong Kong 97 é um jogo totalmente Hardcore, pois Chin morre ao tocar em praticamente qualquer coisa, inimigos e até carros, isso que é desafio! Se você é um retrofag putinho com a atual geração por "não ter dificuldade" e por acaso não jogou esse jogo, o que diabos você está esperando? VÁ JOGAR HONG KONG 97 AGORA, FILHO DA PUTA!


E só pra constar, os comunistas em certa parte do jogo finalmente conseguem reviver Deng Xiaoping e transforma-lo em uma poderosa arma de guerra: Uma cabeça voadora! Oh noes! Agora sim Hong Kong está perdida! Chin é a única esperança de salvação que Hong Kong tem. E aí? Vai encarar ou vai deixar os comunistas dominarem Hong Kong?

Best song ever


Wo ai Beijing Tiananmen, Tiananmen shang taiyeng sheng! 


Uma verdadeira obra de arte musical, só tenho isso a dizer.


Considerações finais

Hong Kong 97 é um verdadeiro crássico do SNES, obrigatório para qualquer pessoa que tenha um console desses, ou até mesmo emuladores, mas você deve jogar Hong Kong 97... Céus... Que jogo, que jogo! Assim que eu o terminei, não deu outra, tive que rejogar tudo de novo porque esse jogo é muito bom.


Veredicto:

Yawn... Caralho, que ressaca, meu... O que será que eu fiz quando fui mexer no blog e fazer uma review enquanto estava bêbado ontem? Espero que não tenha sido nada grave demais...

{ 7 comentários }

  1. Snif Snif, me cheira a fangame! Não que isso seja ruim, porque o jogo rules!

    Aposto que os criadores estão trabalhando na Capcom agora! =D

    ResponderExcluir
  2. Alem disso, olha a data da morte do Chin no gameover:

    1992, sendo que esse jogo se passa em 97.

    Chin é um heroi tão fodastico que quando ele morre ele morre no passado! Like a boss!

    ResponderExcluir
  3. "Melhor que Sonic 4"

    Pode apostar que sim...

    ResponderExcluir
  4. Melhor do que Sonic 4 ele é, sem brinks.

    ResponderExcluir
  5. Sabia que você ia ironizar na nota do jogo ausuhsahusauhasuh

    ResponderExcluir

- Copyright © Blog do Ryu - Date A Live - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -